Time de Futebol de Amputados de Rio das Ostras joga em Nova Friburgo

Time do Futebol de Amputados de Rio das Ostras - FARO
Fotos: Angel Morote / Arte Rio das Ostras Jornal
Equipe do FARO faz a sua estreia no Arena Nova Friburgo

O Time de Futebol de Amputados de Rio das Ostras – FARO se apresentará na Cidade de Nova Friburgo neste, sábado, 12. O jogo amistoso será disputado contra o time do Audax-SP,  no campo do “Arena Nova Friburgo. O Time de Futebol de Amputados de Rio das Ostras – FARO, objetiva, ao realizar esse amistoso, se preparar para disputar o Campeonato Brasileiro 2017, na cidade de Aparecida – Goiás. Os jogadores do FARO estão treinando semanalmente para disputar futuros campeonatos levando o nome de Rio das Ostras, além de divulgar a modalidade de futebol de amputados pelo país afora.

A ideia de criar o time de futebol para amputados no município surgiu através de Fabrício Garcia, um dos jogadores profissionais do time do Audax, que mora em Rio das Ostras. O trabalho de seleção dos atletas para integrar o elenco do FARO foi um trabalho difícil. Depois do time do Audax se apresentar em Rio das Ostras, simples cidadãos do município, como Angel Morote, Eduardo, Gelson, Chiquinho, Jaine, entre outros, se tornaram jogadores, montando o Time de Futebol de Amputados de Rio das Ostras – FARO, iniciando o projeto em abril de 2017.

Fabrício Garcia, um dos jogadores profissionais do time do Audax, acredita no potencial dos jogadores do FARO e afirma que o amistoso é um momento muito importante, pois os atletas irão ganhar experiência nos jogos do futebol de amputados.
Fabrício Garcia, jogador do Audax e morador de Rio das Ostras
acompanhado do sagueiro Eduardo e do atacante Jaine
jogadores do FARO. Foto Divulgação
“Então, sobre o jogo, acredito que será um momento muito importante para o time do FARO, pois será o primeiro jogo desde a criação do time. Com isso os novos atletas irão adquirir experiência e ver como funciona realmente uma partida de Futebol de Amputados. Acredito que todos irão gostar muito, ainda mais por estarem jogando contra grandes jogadores, que colecionam diversos títulos em seus currículo, como campeonatos Nacionais  e internacionais, como Copa do Mundo e Copa América da modalidade, esses são os jogadores que vão estar do outro lado do campo defendendo o time do Audax. Acredito que será muito proveitoso para todo time do FARO poder estar fazendo esse primeiro amistoso de muitos que virão”, explica Fabrício.

Segundo Angel Morote, jogador e um dos representantes do time, o objetivo deste jogo é ganhar experiência  nos jogos, divulgar a modalidade do futebol na região, além de ajudar os colegas que se encontram espalhados por aí precisando de incentivo para praticar algum esporte. “Hoje sabemos o ganho em qualidade de vida que ganhamos praticando o esporte. Nos campeonatos vemos a oportunidade de ajudar nossos irmão e divulgarmos nosso futebol”, explica.


“Esse projeto é uma iniciativa de incluir as pessoas que sofreram acidentes e têm algum membro amputado e ficam reclusos em suas casas, sofrendo depressão por serem esquecidos pela sociedade, e é necessário incluí-los para ganharem sua liberdade”, pondera o atacante do FARO.

A equipe do FARO é composta pelo treinador Pedro, pelos auxiliares Leandro, Roberto “Beto Mãozinha”, além do massagista “Bodega” e dos jogadores, Angel Morote, Eduardo, Gelson, Chiquinho, Jaine, Eduardo Felipe, Rogério, Lourival, Felipe, Diogo. O time joga com 7 jogadores, sendo 6 na linha e o goleiro.

Regras do futebol para amputados 

O futebol para amputados é disputado em campo de futebol society, com dimensões mínimas de 60mx38m.

A apresentação do jogo-treino do Audax, realizado no Clube Sport Rio,
chamou a atenção principalmente das crianças que praticam o futebol
na escolinha.Os atletas do Audax que participaram do jogo foram:
Fabricio Garcia; Mário Mello; Marcos Alexandre; Marquinhos; Vanderlei;
Rodrigo Amparo; Jô Souza e Cristiano. Fotos: Divulgação    
- Cada equipe tem sete jogadores
- O goleiro é amputado de um dos braços
- Todos os atletas de linha são amputados de uma das pernas
- As partidas são divididas em dois tempos de 25 minutos com intervalo de 10 minutos
- Os técnicos podem pedir um tempo de um minuto para orientar seus atletas a cada etapa da partida
- A muleta não pode tocar na bola de forma intencional
- O goleiro não pode sair da área
- O tiro de meta não pode ultrapassar o meio campo
- O lateral é cobrado com o pé
- Não há limite para substituições
- Os jogadores substituídos podem voltar ao jogo
- As demais regras não diferem das utilizadas pelo futebol tradicional

O FARO FC também busca parcerias com a iniciativa privada para poder divulgar mais a modalidade do futebol de amputados nas regiões próximas da cidade, como conquistar mais adeptos ao esporte.


O contato com os representantes do FARO, pode ser feito pelos telefones / WhatsApp: (22) 9 9920-3831 (Angelo) /  9 8183-8484 (Fabricio). Email: farofuteboldeamputados@hotmail.com ou https://www.facebook.com/farofuteboldeamputados/
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE