Alunos de escola municipal em Cabo Frio são vacinados após diagnóstico de caxumba

As atividades da unidade, que atende a 710 alunos do 6º ao 9º
anos do Ensino Fundamental, acontecem normalmente.
Reprodução Intertv
Oito alunos tiveram o diagnóstico e estão em repouso em casa.
Os alunos da Escola Municipal Professora Márcia Francisconi, em São Cristóvão, em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio, recebem doses da vacina tríplice viral na manhã desta quarta-feira (5). As doses começaram a ser aplicadas na tarde de terça (4) após a confirmação do diagnóstico de caxumba em oito alunos da unidade, que estão em casa estáveis.
Os estudantes infectados estão em casa pois precisam ficar de repouso por até 10 dias após o surgimento dos sintomas. Segundo a Prefeitura, alunos que faltaram a aula serão encaminhados ao posto de saúde para receber a dose. A Vigilância Epidemiológica considera o caso como um surto localizado.
As atividades da unidade, que atende a 710 alunos do 6º ao 9º anos do Ensino Fundamental, acontecem normalmente.
Segundo o Ministério da Saúde, a caxumba é uma doença viral aguda, caracterizada por febre e aumento de volume de uma ou mais glândulas salivares, geralmente a parótida e, às vezes, glândulas sublinguais ou submandibulares. O contágio acontece por contato direto com secreções das vias nasais.
Em homens adultos, ocorre inchaço dos testículos em aproximadamente 20% a 30% dos casos, de acordo com o ministério; em mulheres, pode ocorrer inflamação dos ovários, mas com menor frequência, acometendo cerca de 5% dos casos. Aproximadamente, 1/3 das infecções pode não apresentar aumento aparente dessas glândulas, de acordo com o Ministério da Saúde.
A vacinação contra a caxumba é ofertada para a população a partir de 12 meses, sendo que para indivíduos até 19 anos de idade, deve ser feita com duas doses das vacinas tríplice viral e ou tetra viral, da seguinte forma: aos 12 meses de idade: administrar uma dose da vacina tríplice viral; aos 15 meses de idade: administrar uma dose da vacina tetra viral. Esta vacina pode ser administrada até os 23 meses e 29 dias de idade. Após esta faixa etária, o indivíduo deve completar o esquema com a vacina tríplice viral, de acordo com a recomendação do Ministério da Saúde.

Por G1, Cabo Frio
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE