Menino que teve reação à vacina contra febre amarela morre em hospital do RJ e Fiocruz fará exames

Menino morreu no Hospital Estadual Pereira Nunes, em
Duque de Caxias (Foto: Ascom Saúde RJ/Divulgação)
Causa da morte foi inflamação nos ossos e não tem relação com a vacina, segundo a Prefeitura de Cabo Frio, cidade onde a vítima de 13 anos morava; Estado vai investigar.
Um menino de 13 anos morreu no Hospital Estadual Pereira Nunes, em Duque de Caxias, na noite de terça-feira (6). De acordo com a Prefeitura de Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio, a causa da morte de Kauã Rodrigues foi por osteomielite, uma inflamação nos ossos. O jovem havia sido internado pela primeira vez em março após apresentar reação à vacina contra a febre amarela, segundo a Prefeitura de Cabo Frio. A morte é investigada pela Secretaria de Estado de Saúde e exames serão feitos pela Fiocruz.
Nesta quarta-feira (7), o a Prefeitura de Cabo Frio informou que os médicos do Hospital Estadual Pereira Nunes afirmaram que a osteomoielite não tem relação com a reação à vacina. O G1 entrou em contato e aguarda informações da Fiocruz sobre a investigação do caso.
Ainda segundo a Prefeitura de Cabo Frio, o menino foi vacinado contra febre amarela no dia 23 de março no posto de Santo Antônio e, no dia 10 de abril, passou a apresentar febre, dor de cabeça e dor muscular; ele teve o quadro acompanhado e precisou ser internado no dia 20 de abril na rede municipal de Saúde. O jovem teve alta no dia 11 de maio.
O caso foi notificado pela Prefeitura ao Governo do Estado e registrado, em 23 de maio, após resultados de exames clínicos, como "evento adverso à vacinação contra febre amarela".
No dia 26 de maio, ele foi hospitalizado novamente na Rede Municipal de Saúde com dores no quadril e foi diagnosticado com osteomielite. Foi nesta segunda internação que o jovem precisou ser transferido para o Hospital na Baixada Fluminense, onde passou por cirurgia no domingo (4) e morreu na terça (6).
O G1 questionou a Secretaria de Estadual de Saúde sobre qual procedimento cirúrgico o paciente passou e a investigação do caso. Em nota, a direção do Hospital Estadual Adão Pereira Nunes informou que "o paciente não resistiu aos ferimentos e foi a óbito na noite desta terça-feira (6)". O corpo será transferido para Cabo Frio para o velório.

Por G1, Cabo Frio
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE