Suspeito de espancar empresário de Campos é preso com drogas

Guilherme Crespo foi espancado em Búzios
 (Foto: Reprodução/InterTV)
Homem tinha mandado por homicídio e foi preso em Búzios na segunda (27). Guilherme Crespo, de 26 anos, foi agredido por grupo em agosto de 2016.
Um homem de 19 anos, suspeito de participar da agressão ao empresário Guilherme Crespo, de 26 anos, foi preso na madrugada de segunda-feira (27) em Armação dos Búzios, Região dos Lagos do Rio. O jovem tinha um mandado de prisão temporária aberto por homicídio qualificado, expedido pelo 2° Cartório da 2ª Vara de Búzios, de acordo com o Conselho Nacional de Justiça. Ele foi detido com drogas junto com outro homem. Gulherme, morador de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, foi espancado por um grupo em agosto de 2016 e ficou um mês internado em estado grave até receber alta.
Segundo a polícia, foram apreendidos um frasco de lança-perfume, uma cápsula de cocaína e uma bucha de maconha com o suspeito da agressão. A ação foi na Rua do Sossego, no Centro. Em novembro, outro suspeito de participação no crime foi preso.
A reportagem do G1 entrou em contato com a assessoria de comunicação da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária e aguarda informações sobre a transferência do suspeito da 127ª Delegacia, em Búzios, para o sistema prisional. 
O caso
Em agosto de 2016, Guilherme Crespo, de 26 anos, e o amigo, se envolveram em uma confusão na saída de um mercado que fica na praça Santos Dumont, um dos pontos turísticos de Búzios. Eles foram agredidos, e Guilherme chegou a sofrer traumatismo craniano.
O empresário ficou internado em estado grave, mas se recuperou e retornou para Campos dos Goytacazes. Na ocasião, cinco suspeitos tiveram a prisão decretada por envolvimento com a agressão, entre eles o jovem detido nesta segunda-feira. Cinco pessoas tiveram a prisão decretada pela Justiça.
Circuito de câmeras
Nas imagens das câmeras de segurança, é possível ver Guilherme e o amigo entrando no corredor de uma pousada na Rua Manoel Turíbio de Farias. Um guarda municipal tentou apartar a briga e quase foi violentado.
O grupo seguiu trocando socos e chutes e invade a pousada. Os agressores usaram pedaços de paus, incluindo um remo, e uma pedra para golpear o empresário. Guilherme foi imobilizado por um homem, jogado no chão e violentamente golpeado.
saiba mais


Do G1 Região dos Lagos
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE