Começa nesta segunda, 7, em Rio das Ostras a campanha contra Hanseníase e Tuberculose

Foto: Ákilla Ribeiro
Durante a próxima semana, campanha contará com diversas ações de prevenção e controle da hanseníase e tuberculose

Começa na próxima semana a Campanha Estadual de Hanseníase e Tuberculose. Em Rio das Ostras, as ações serão realizadas de 7 a 11 de agosto. Na programação estão diversas atividades em escolas e unidades de saúde do município. A primeira mobilização acontece nesta segunda-feira, dia 7, das 9h às 16h, na Praça José Pereira Câmara, no Centro, com auxílio de vários profissionais da saúde.

Segundo a enfermeira e coordenadora municipal de controle de hanseníase, Ruth Méia Nunes, nesta ação, profissionais dos programas de hanseníase e tuberculose farão distribuição de materiais informativos e atendimento à população, que também contará com avaliação médica especializada.

“É muito importante que a população compareça na praça, principalmente quem apresenta manchas suspeitas e dormentes ou sintomas de tosse contínua para que seja feita uma avaliação dos casos. Estaremos com médicos e fisioterapeutas atendendo para esclarecer qualquer dúvida e fazer encaminhamento se necessário”, destacou Ruth.

Ainda no dia 7, haverá atividades em escolas públicas da localidade de Cidade Praiana, onde alunos e professores receberão informações e orientações sobre as duas patologias. Na quarta-feira, dia 9, também será realizada uma palestra para o grupo do Programa de Apoio aos Pacientes Diabéticos de Rio das Ostras, às 9h, no auditório do Centro de Saúde Extensão do Bosque.

AÇÃO NAS UNIDADES – Durante toda a semana, as Unidades Básicas de Saúde e de Saúde da Família estarão com atividades como palestras sobre prevenção e distribuição de folhetos informativos. Na sexta-feira, dia 11, será a vez dos pacientes que fazem tratamento nos centros de saúde, onde assistentes sociais estarão falando sobre acolhimento, preconceito e cuidados envolvendo tuberculose e hanseníase.

“Todas essas ações com rodas de conversa e outras atividades priorizam o diagnóstico precoce a fim de interromper a cadeia de transmissão dessas doenças, e também para melhor integração e humanização nos atendimentos”, concluiu a coordenadora.
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE