Evo Morales nega que homem detido com cocaína no Brasil seja assessor de seu partido

O presidente boliviano Evo Morales fala durante coletiva
de imprensa em La Paz, na quarta-feira (26)
(Foto: José Lirauze/Courtesy of Bolivian
Presidency/Handout via Reuters)
Romer Gutiérrez Quezada foi detido em São Paulo com 99 quilos de cocaína no dia 7 de julho e imprensa divulgou fotos nas quais ele aparece ao lado do presidente boliviano. 'Quanta gente tira fotos comigo?', questionou Morales.
O presidente da Bolívia, Evo Morales, negou nesta quarta-feira (26) que Romer Gutiérrez Quezada, que foi detido pela Polícia Civil de São Paulo com cerca de 99 quilos de cocaína, seja assessor de seu partido, o Movimento Ao Socialismo (MAS), como denunciou a oposição boliviana.
"Alguns meios de comunicação dizem que (Gutiérrez Quezada) é assessor do MAS. Não é assessor do MAS. Eu não conheço este assessor, nem como dirigente (partidário), nem como presidente (da Bolívia)", afirmou o governante em uma coletiva de imprensa.
Gutiérrez, que é líder de uma organização social vinculada ao partido de Morales, foi detido em 7 de julho com 99,245 quilos de cocaína em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. Mais tarde, apareceram fotografias suas em vários veículos de imprensa ao lado do presidente e de autoridades estatais do primeiro escalão.
"Quanta gente tira fotos comigo? Até alguns de vocês", perguntou Morales aos jornalistas.
"Como eu posso classificar quem é traficante e quem não é? Quem é contrabandista e quem é delinquente?", questionou o presidente boliviano com veemência.
Além disso, Morales reiterou que, nem seu partido, nem seu governo, vão defender a corrupção e o narcotráfico: "Se alguém, militante, simpatizante, cair em temas de narcóticos, isto é problema dele, que seja julgado. Nós nunca defendemos isto, nem vamos defender".
Gutiérrez é irmão da deputada suplente pelo MAS Amparo Gutiérrez Quezada, e foi assessor de uma vereadora dessa legenda na região de Santa Cruz de la Sierra, Melody Tellez, mas as duas negaram ter conhecimento das atividades criminosas do detido.

Por Agencia EFE
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE