“Despertar” dá nova chance a jovens infratores de Rio das Ostras

Legenda: Jovens participam de oficinas voltadas para o mercado
de trabalho. Fotos: Allexandre Costa / Arte ROJORNAL
A história de D.S. é parecida com a de muitos outros adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas, que trocaram a escola pela ilegalidade, acreditando ser o atalho mais fácil para sair da pobreza. Para recuperar a autoestima dele e de mais 14 jovens nesta situação e apontar horizontes mais promissores por meio do estudo, a Prefeitura de Rio das Ostras lançou nesta quarta, 5, o Projeto Despertar. 
“Não me impuseram nada. Foi um convite. Entrei nesta cilada porque vi meus colegas vendendo drogas e ganhando dinheiro fácil. Parei de estudar no 4º ano e não voltei. Sei trabalhar com madeira. Acho que posso ser bom carpinteiro, mas para isso preciso começar bem e, ouvindo bons conselhos, talvez eu consiga. Esta vida não leva a nada”, relatou D.S. 
Serão seis encontros semanais que vão acontecer no Centro de Referência Especializada de Assistência Social de Rio das Ostras – Creas. Ministradas pelo Sebrae, as oficinas terão os seguintes temas: Jovem Empreendedor, Elaboração de Currículo e Entrevista de Emprego, Marketing Pessoal, Planejamento, Identificando Oportunidades e Vendas.

Segundo uma das coordenadoras do Despertar, Eliara Fialho, “o projeto terá oficinas voltadas para despertar um olhar mais crítico sobre a realidade que cerca o adolescente, para que ele decida mudar esta realidade. Vamos oferecer atividades para o fortalecimento da autoestima, a valorização dos seus conhecimentos e orientação para o mercado de trabalho”.

Segundo a Secretaria de Bem-Estar Social, Elizabeth Bousquet, o Município já atendia estes adolescentes por meio de atividades psicopedagógicas, mas essa é a primeira vez que implanta um projeto que colabora para ampliar a perspectiva de vida.

“Apesar de já oferecermos outros atendimentos para esses adolescentes, faltavam atividades que pudessem levar formação, qualificação e mostrar que a escola está diretamente ligada ao mercado de trabalho. Neste primeiro momento, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo e o Sebrae, estamos oferecemos esses minicursos e oficinas”, explicou a secretária.

SÍMBOLO – O primeiro desafio dos atendidos será escolher o desenho que será símbolo do projeto Despertar. O objetivo desta atividade é que eles reflitam sobre a oportunidade de transformação social.

“Sei que estou errado e preciso ver nestas oficinas uma chance de buscar outras possibilidades”, relatou L.C.

PARCERIA – Na segunda etapa, as palestras acontecerão em parceria com a Universidade Federal Fluminense – UFF e com os Engenheiros sem Fronteiras.
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE