Crime Ambiental: Operação apreende material de caça e pesca em Casimiro de Abreu

As equipes apreenderam uma rede de pesca, duas tarrafas
e desfez quatro abrigos, locais que estariam sendo usados
por caçadores. Fotos Divulgação / Arte ROJORNAL
Ação conjunta da Guarda Ambiental e Agentes do ICMBIO no rio São João realizaram  apreensões
A Guarda Ambiental da Secretaria de Ordem Pública e Defesa Civil da  Prefeitura de Casimiro de Abreu realizou uma operação  em conjunto com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade  (ICMBIO) nesta terça-feira, dia 11, ao longo do rio São João.
O objetivo foi coibir crimes ambientais, como a pesca com redes de arrasto e tarrafas proibida na bacia hidrográfica do rio (portaria nº 82 de Dezembro de 2003, do IBAMA),  além da caça. Quatro homens, sendo dois guardas ambientais e dois membros da ICMBIO da Reserva Biológica Poço das Antas, percorreram o rio São João do distrito de Barra de São João ao município de Silva Jardim, passando por alguns afluentes e com encontraram situações que caracterizam crimes ambientais.

As equipes apreenderam uma rede de pesca, duas tarrafas e desfez quatro abrigos, locais que estariam sendo usados por caçadores. Uma cuíca encontrada presa dentro de uma armadilha foi solta durante a operação. Em diferentes pontos do rio, a Guarda Ambiental também encontrou iscas para animais, locais que estariam sendo utilizados para vigiá-los e uma área desmatada. Nenhum suspeito foi encontrado. 
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE