Conselho Municipal do Orçamento Participativo agenda nova etapa de reuniões em Rio das Ostras

Membros do Conselho do Orçamento Participativo em reunião
do setor F  no Mariléa, na última semana.
Fotos: Divulgação / Arte ROjornal
No dia 8 de junho começa mais uma fase de encontros setoriais para levantamento de demandas

Esta semana, os membros do Conselho Municipal do Planejamento e Orçamento Participativo se reuniram para fazer um balanço das reuniões setoriais que aconteceram em Rio das Ostras desde o mês de abril. Agora, eles se preparam para a segunda etapa de reuniões no Município. Ao todo, foram realizados encontros com moradores de sete setores.

Segundo o presidente do Conselho, Pablo Medeiros, foi feita uma avaliação de todas as reuniões setoriais e as principais demandas apontadas são referentes à Iluminação Pública, Segurança, Saneamento Básico e Infraestrutura.

Ele destaca que a participação da população está crescendo e que o Conselho vem resgatando a credibilidade do Orçamento Participativo, que não contou com nenhuma reunião setorial nos anos anteriores a esta gestão municipal.

“Apesar de todas as dificuldades perante a crise, as pessoas estão querendo participar e ajudar a definir as prioridades de investimentos no Município. Tivemos uma boa participação em vários setores, inclusive com presença de alunos da Rede Municipal, vereadores e secretários municipais. Essa integração é fundamental para o nosso trabalho”, disse Pablo, destacando as localidades do Mariléa, Centro e Nova Esperança.

PRÓXIMA REUNIÃO - Ainda faltam oito reuniões setoriais a serem realizadas em Rio das Ostras. Nesta segunda etapa, o próximo encontro acontece com moradores do setor G, composto pelas localidades de Costazul, Colinas e Bosque Beira Rio. O encontro será realizado no dia 8 de junho, às 18h, na Escola Municipal Ary Gomes Marins, que fica na Avenida Heleno Nunes, s/nº, Costazul.

Ainda de acordo com o presidente do Conselho, posteriormente será feito o cruzamento de dados das reuniões presenciais e do Programa de Orçamento Participativo Online. O resultado será apresentado no Fórum de Prioridades, que será realizado em agosto, na Câmara de Vereadores. 

OP ONLINE – Segundo informação da subsecretária de Planejamento, Rosemarie Teixeira, em dois meses o OP Online contou com 650 votantes.


“Precisamos que a população fortaleça ainda mais esse trabalho também com a votação online. Quem não pode comparecer as reuniões tem essa oportunidade através desse link. Ali, as pessoas podem apontar as necessidades de sua localidade, e assim definirmos melhor o que fazer com os recursos públicos”, completou.  
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE