Aécio pede para ficar na presidência do PSDB por mais dois meses

Presidente interino (Cristiano Mariz/VEJA)
Mandatário interino, Tasso Jereissati não se comprometeu com o correligionário, mas aceitou o prazo
Por incrível que pareça, Aécio Neves ainda não desencarnou da presidência do PSDB, posto do qual está afastado desde a hecatombe Joesley Batista.
Os tucanos tentam convencê-lo a entregar de vez a cadeira para Tasso Jereissati, mandatário interino da legenda. Recentemente, Aécio pediu um prazo até setembro para oficializar a saída do comando.

Tasso não disse que sim nem que não, mas topou esperar mais dois meses.
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE