Eike pagou dívida de R$ 5 milhões de campanha de Haddad à prefeitura em 2012, diz Mônica Moura

A comentário foi dado após a marqueteira ter sido questionada
sobre depósitos feitos em uma conta na Suíça mantida
por João Santana.
SÃO PAULO - A sócia e mulher de João Santana, a marqueteira Mônica Moura, disse ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que o empresário Eike Batista, que deixou ontem Bangu e foi para prisão domiciliar no Rio de Janeiro, pagou uma dívida de R$ 5 milhões remanescente da campanha de 2012 de Fernando Haddad à Prefeitura de São Paulo. Segundo Mônica, coube ao então tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, resolver o impasse do pagamento. 
"Sempre tinha uma dívida que rolava. Isso era absolutamente natural, absolutamente normal. Tinha vezes que a gente fazia tantas campanhas que as dívidas se misturavam", disse a empresária. Ela fechou acordo de delação premiada já homologado pelo STF (Supremo Tribunal Federal) e é uma das testemunhas ouvidas pela Justiça Eleitoral no âmbito da ação que apura se a chapa de Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (PMDB) cometeu abuso de poder político e econômico para se reeleger em 2014.
A comentário foi dado após a marqueteira ter sido questionada sobre depósitos feitos em uma conta na Suíça mantida por João Santana. "Às vezes o próprio PT não sabia mais o que estava pagando. Se era 2010, se era 2012, se era Patrus (Patrus Ananias, hoje deputado federal), se era Haddad, era uma confusão de dívidas e essa dívida também ficou para o ano seguinte, só que essa em 2013 já também o Vaccari me chama e resolve através do Eike", contou a delatora. O pagamento teria sido acertado diretamente com o executivo Flávio Godinho, homem de confiança de Eike. 
Por meio de nota, a assessoria de imprensa de Haddad disse que João Santana e Mônica Moura jamais cobraram da campanha do petista à prefeitura de São Paulo nenhum valor além do contrato cujo saldo foi assumido pelo PT e que Eike jamais entrou em contato com Haddad, desconhecendo completamente quaisquer interesse do empresário na cidade. "Nem ele (Eike), nem nenhum de seus prepostos, jamais entrou em contato com Fernando Haddad, nem com o tesoureiro da campanha", diz a nota. 

Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE