'Achava até que ele deveria ser presidente', diz réu da Calicute sobre Cabral

Paulo Fernando Magalhães Pinto, ex-assessor de Cabral, depõe
 nesta terça-feira (2) (Foto: Reprodução / TV Globo)
Paulo Fernando Magalhães Pinto e Hudson Braga prestam depoimento a Marcelo Brêtas nesta terça-feira. 'Achava estranho, mas era um pedido (...) Ele pedia e eu ajudava', conta ex-assessor.
O juiz Marcelo Brêtas, da 7ª Vara Federal Criminal, ouviu nesta terça-feira (2) dois réus da Operação Calicute: o ex- secretário de Obras, Hudson Braga, e o ex- assessor de Sérgio Cabral, Paulo Fernando Magalhães Pinto.
O primeiro a ser ouvido foi Pinto, que é acusado de ser laranja do ex-governador do Rio no aluguel de um escritório e na compra de uma lancha. Ele confirmou que era locatário do imóvel e que ainda contratou três funcionários a pedido do ex-governador, que o ressarcia em seguida.
"Achava estranho, mas era um pedido [dele]. Quando renunciou como governador, perguntou se eu poderia alugar a sala para ele e se poderia estar lá com ele. Talvez ele não tivesse recursos para isso e eu o fiz. Depois era ressarcido por Cabral", disse o réu sobre o custeio do escritório, calculado em R$ 1 milhão.
Venda de lancha
Pinto contou ainda que vendeu metade da lancha para Cabral e recebeu parte do valor em espécie. O veículo é avalado em mais de R$ 5 milhões.
Os dois se conheceram na campanha de 1996. Quando Cabral era deputado, Pinto trabalhou com ele e depois foi seu assessor no governo do Estado. O ex-assessor disse que gostava de política e que gostava de fazer "parte de um projeto político".
"Acreditava no governo Cabral, que fez um bom governo. Achava até que ele deveria ser presidente da República. Ele pedia e eu ajudava. Acreditava em política como forma de transformação. Era um sonho meu trabalhar com política".
Pinto admitiu que achava meio contrastante o fato de operar como "laranja", que era desprendido de valores materiais, mas que achava que em política era assim. "Hoje com tudo o que está acontecendo está mudando o paradigma. Mas está melhorando muito", disse.

Por Alba Valéria Mendonça, G1 Rio
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

RIO DAS OSTRAS 25 ANOS

RIO DAS OSTRAS 25 ANOS

PATROCINADOR

PUBLICIDADE