Pyongyang acusa os EUA de deixarem Península Coreana à beira de guerra nuclear

Foto de arquivo fornecida pela Força Aérea dos EUA mostra o
bombardeiro B-1B (Foto: Staff Sgt. Aaron Allmon/U.S. Air Force/AP)
Norte-coreanos denunciaram voo de bombardeiros B-1B americanos em exercício com Coreia
A Coreia do Norte acusou os Estados Unidos nesta terça-feira (2) de deixarem a Península Coreana à beira de uma guerra nuclear depois que dois bombardeiros voaram em treinamento conjunto com as forças aéreas sul-coreana e japonesa, em nova demonstração de força de Washington.
Os dois bombardeiros supersônicos Lancer B-1B fizeram o voo em meio às crescentes tensões em relação ao programa nuclear de Pyongyang, mas também ocorreram no mesmo dia em que Donald Trump disse que ficaria "honrado" em encontrar Kim Jong-Un nas "circunstâncias corretas".
A Coreia do Norte disse que os bombardeiros realizaram "um ensaio de lançamento de bomba nuclear contra objetos principais" em seu território, num momento em que Trump e "outros belicistas dos EUA estão clamando para fazer um ataque nuclear preventivo" contra o Norte.

"A provocação militar imprudente está empurrando a situação na Península Coreana para mais perto da beira de uma guerra nuclear," disse a agência de notícias oficial da Coréia do Norte, KCNA.
Por Reuters

Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

RIO DAS OSTRAS 25 ANOS

RIO DAS OSTRAS 25 ANOS

PATROCINADOR

PUBLICIDADE