Time de futebol de amputados se apresenta em Rio das Ostras

A apresentação do jogo-treino do Audax, realizado no Clube Sport Rio,
chamou a atenção principalmente das crianças que praticam o futebol
na escolinha.Os atletas do Audax que participaram do jogo foram:
Fabricio Garcia; Mário Mello; Marcos Alexandre; Marquinhos; Vanderlei;
Rodrigo Amparo; Jô Souza e Cristiano. Fotos: Divulgação    
Jogador amputado do Audax convoca deficientes físicos da cidade para jogarem.
No último sábado, 8 de abril, com os campos de grama sintética lotados por jogadores comuns, uma quadra da Escola de Futebol Sport Rio chamava a atenção dos visitantes e amantes do futebol, isto porque  Rio das Ostras foi palco da apresentação do time de Futebol de Amputados do Audax - SP.
O jogo desenvolvido pelos amputados deixou claro que não há diferenças no esporte, embora haja ainda certos preconceitos por alguns que não enxergam corretamente o que é ser deficiente, seja qual for a deficiência enfrentada pelo ser humano. Mas o para-esporte tem colocado a esperança de uma vida melhor para aqueles que o praticam. E o futebol dos amputados realizado no último sábado cumpriu seu papel perante a sociedade riostrense.
Fabrício Garcia, jogador do Audax e morador de Rio das Ostras
acompanhado dos futuros jogadores do município
Foto Divulgação
O grupo com jogadores de vários municípios tem o objetivo de divulgar a modalidade de futebol de amputados na região e principalmente em Rio das Ostras, pois o time conta com um jogador riostrense.
O jogo-treino dos amputados realizado em Rio das Ostras pelo Audax, segundo Fabrício Garcia, um dos jogadores do time e morador de Rio das Ostras, tem o objetivo de divulgar a modalidade do futebol no município, primeiro porque há a necessidade de reintegrar nossos colegas, parentes e amigos à sociedade por meio do esporte, além de formar jogadores que representem a cidade num futuro bem próximo. “Sabemos que no munícipio há amputados como em outras cidades, mas Rio das Ostras é um município que já deu essa oportunidade de apoiar os para-atletas de algumas modalidades, por isso estou aqui divulgando nossa modalidade para reintegrar nossos amigos amputados de diversas idades que vivem aqui”, explica.
Todos os jogadores que se apresentaram fazem parte do projeto de Futebol de Amputados do Audax-SP. A ideia de criar uma modalidade de futebol para amputados na cidade é formar jogadores, e Rio das Ostras está começando do zero. “A primeira intenção é buscar novos atletas para treinar e formar o time, além de formas para captar recursos, apoios públicos e privados para levar o projeto adiante. O município conta com um grupo de amputados no aplicativo WhatsApp e a expectativa é grande pelo primeiro treino e jogo oficial”, explica Fabrício Garcia.
Os atletas do Audax que participaram do jogo foram: Fabricio Garcia; Mário Mello; Marcos Alexandre; Marquinhos; Vanderlei; Rodrigo Amparo; Jô Souza e Cristiano.                     
Torcida
A apresentação do jogo-treino do Audax, realizado no Clube Sport Rio, chamou a atenção principalmente das crianças que praticam o futebol na escolinha. A meninada torcia e se alegravam a cada gol feito no jogo e ao término do jogo os pequenos aprendizes tiraram fotos com os jogadores amputados.
Convocação
O jogador do Audax-SP Fabricio Garcia, morador de Rio das Ostras, convoca a todos os deficientes físicos amputados, mesmo com algumas limitações que queiram participar dos treinos, jogos ou mesmo fazer parte do Grupo de Amputados de Rio das Ostras, para participarem entrando em contato pelo número (22) 9 8183-8484 (WhatsApp). “Superar nossas dificuldades através do esporte é a nossa meta”.
Time do Audax possa para a torcida na Escolinha do Flamengo
em Rio das Ostras. Foto Divulgação
A partida de futebol de amputados tem adaptações, em relação às regras do futsal. O jogador tem que ser amputado ou ter alguma deficiência em uma das pernas. O jogador usa muletas que servem para dar apoio, não podendo usá-las para tocar na bola. O goleiro é amputado ou possui algum tipo de deficiência em um dos braços, podendo agarrar somente com uma mão e não podendo sair de sua área.
Futebol para Amputados / Regras

O futebol para amputados é disputado em campo de futebol society, com dimensões mínimas de 60mX38m.

- Cada equipe tem sete jogadores
- O goleiro é amputado de um dos braços
- Todos os atletas de linha são amputados de uma das pernas
- As partidas são divididas em dois tempos de 25 minutos com intervalo de 10 minutos
- Os técnicos podem pedir um tempo de um minuto para orientar seus atletas a cada etapa da partida
- A muleta não pode tocar na bola de forma intencional
- O goleiro não pode sair da área
- O tiro de meta não pode ultrapassar o meio campo
- O lateral é cobrado com o pé
- Não há limite para substituições
- Os jogadores substituídos podem voltar ao jogo

- As demais regras não diferem das utilizadas pelo futebol tradicional
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

RIO DAS OSTRAS 25 ANOS

RIO DAS OSTRAS 25 ANOS

PATROCINADOR

PUBLICIDADE