Ex-servidora da Prefeitura de Macaé devolve mais de 95 mil aos cofres públicos

Prefeitura foi ressarcida pela ex-servidora, referente
ao período em que esteve cedida à administração
direta pelo IMMT. Foto: Angel Morote
A Prefeitura Municipal de Macaé informa que, nesta quinta-feira (6) foi ressarcida pela ex-servidora Thais Coutinho Gonçalves da Silva do valor de R$ 95.500,00, referente ao período em que esteve cedida pelo Instituto Macaé de Metrologia e Tecnologia (IMMT) à administração direta, de setembro de 2014 a outubro de 2015, mês em que foi exonerada.

A ex-servidora, concursada como engenheira desde 2007, esteve de licença sem vencimentos de dezembro de 2012 a janeiro de 2014. O tempo em que atuou no IMMT está sendo apurado.

A Prefeitura de Macaé informa ainda que já havia iniciado, em 2015, processo administrativo em relação ao caso, que culminou com o desligamento da ex-servidora naquela ocasião.

Desde 2013, o governo municipal vem adotando medidas para ampliação do controle social. Dentre elas, o Portal da Transparência, onde constam informações sobre todos os funcionários, onde atuam, carga horária e quanto recebem. O site ficou em primeiro lugar no Ranking Nacional da Transparência, do Ministério Público Federal (MPF), com nota máxima em transparência em 2015 e 2016. Outra ação foi a implantação da biometria como forma de registro de ponto dos servidores, bem como o cálculo de horas trabalhadas.

Por fim, o governo municipal ressalta que, assim como o caso dessa ex-servidora, todos as situações identificadas como em não conformidade são devidamente apuradas e as sanções cabíveis aplicadas, de acordo com o rigor da lei. 
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE