Ex-servidora da Prefeitura de Macaé devolve mais de 95 mil aos cofres públicos

Prefeitura foi ressarcida pela ex-servidora, referente
ao período em que esteve cedida à administração
direta pelo IMMT. Foto: Angel Morote
A Prefeitura Municipal de Macaé informa que, nesta quinta-feira (6) foi ressarcida pela ex-servidora Thais Coutinho Gonçalves da Silva do valor de R$ 95.500,00, referente ao período em que esteve cedida pelo Instituto Macaé de Metrologia e Tecnologia (IMMT) à administração direta, de setembro de 2014 a outubro de 2015, mês em que foi exonerada.

A ex-servidora, concursada como engenheira desde 2007, esteve de licença sem vencimentos de dezembro de 2012 a janeiro de 2014. O tempo em que atuou no IMMT está sendo apurado.

A Prefeitura de Macaé informa ainda que já havia iniciado, em 2015, processo administrativo em relação ao caso, que culminou com o desligamento da ex-servidora naquela ocasião.

Desde 2013, o governo municipal vem adotando medidas para ampliação do controle social. Dentre elas, o Portal da Transparência, onde constam informações sobre todos os funcionários, onde atuam, carga horária e quanto recebem. O site ficou em primeiro lugar no Ranking Nacional da Transparência, do Ministério Público Federal (MPF), com nota máxima em transparência em 2015 e 2016. Outra ação foi a implantação da biometria como forma de registro de ponto dos servidores, bem como o cálculo de horas trabalhadas.

Por fim, o governo municipal ressalta que, assim como o caso dessa ex-servidora, todos as situações identificadas como em não conformidade são devidamente apuradas e as sanções cabíveis aplicadas, de acordo com o rigor da lei. 
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

RIO DAS OSTRAS 25 ANOS

RIO DAS OSTRAS 25 ANOS

PATROCINADOR

PUBLICIDADE