Conselho Eleitoral do Equador revisará 1,2 milhão de votos das eleições

Guillermo Lasso foi derrotado por Lenín Moreno no segundo turno eleitoral, por 51,15% a 48,85%.
O Conselho Nacional Eleitoral (CNE) do Equador decidiu nesta quinta-feira realizar uma nova recontagem de 1.275.450 de votos das eleições de 2 de abril, tal como solicitaram os partidos políticos de oposição Creando Oportunidades (CREO, centro-direita) e oficialista Alianza Pais (AP, esquerda).
A decisão, que implica a revisão de 3.865 atas de votação, responde, segundo a CNE, às petições de ambas as legendas após a apuração das eleições, que dá a vitória nas urnas ao candidato da AP, Lenín Moreno, com 51,15% dos votos, enquanto que o opositor, Guillermo Lasso, obteve 48,85%.
Em uma resolução adotada esta noite o CNE informou que o novo cálculo dos votos acontecerá em 18 de abril no Coliseo Rumiñahui, em Quito.

Por Agencia EFE
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

RIO DAS OSTRAS 25 ANOS

RIO DAS OSTRAS 25 ANOS

PATROCINADOR

PUBLICIDADE