Reparos, escolas limpas, professores novos e merenda motivam alunos na volta às aulas em Rio das Ostras

Danielle e a filha Anna Mell estão felizes com a limpeza encontrada
 na escola.Com a filha Emelly, a recepcionista Cláudia fala que o
ambiente cuidado motiva os alunos. Fotos: Mauricio Rocha 
Unidades de ensino passaram por reparos e receberam funcionários contratados para atender os alunos

Os estudantes da Rede Municipal de Ensino que começaram as aulas na segunda, dia 6, encontraram escolas limpas e com merenda escolar de qualidade. Por intermédio de contratação emergencial, a Secretaria de Educação, Esporte e Lazer resolveu as duas demandas enquanto prepara o processo licitatório para escolher as empresas que vão executar esses serviços.

“Quando cheguei à escola, já senti que existia outro clima, tanto na limpeza e conservação como no comportamento e disciplina dos alunos. Minha filha voltou motivada, dizendo que quer estudar ainda mais. Ela, que sempre foi muito dedicada, tinha diminuído de rendimento. Fico feliz em saber que está novamente animada ao ver sua escola bem cuidada”, conta a dona de casa Danielle Azeredo, mãe de Anna Mell, 14 anos, que cursa o 9º ano do Ensino Fundamental no Colégio Municipal Professora América Abdalla.

Quem também elogia a manutenção da unidade de ensino é a recepcionista Cláudia Pinheiro. “Minha filha se sentia triste ao ver o abandono da escola, que ficou muito tempo sem funcionários de limpeza. Os alunos precisam de um ambiente agradável e de educadores que os motivem a estudar”, enfatiza a mãe de Emelly Vitória Domingos, 14 anos, que está no 9º ano do Ensino Fundamental do Colégio Municipal Professora América Abdalla.

A secretária de Educação, Esporte e Lazer, Maria Lina Paixão, diz que as escolas estão sendo visitadas para identificarem situações ainda pendentes. “Não conseguimos resolver todas as demandas, já que alguns professores não tomaram posse e ainda existem reparos a serem feitos nas unidades de ensino. Mas vamos continuar trabalhando para solucionar cada necessidade”, esclarece.

ZONA RURAL – Com objetivo de reduzir gastos, depois da Prefeitura decretar Estado de Calamidade Financeira, a Secretaria de Educação, Esporte e Lazer transferiu os alunos da Escola Carlos Maurício Franco, em Cantagalo, para duas outras unidades que ficam na mesma localidade. A decisão de suspender as atividades da Carlos Mauricio, que contava com 81 alunos e duas salas de aula, foi tomada após consultar pais e responsáveis. Os estudantes serão atendidos pelo transporte escolar que os levará até as escolas municipais Professora Marinete Coelho de Souza e Trindade.


MANUTENÇÃO – As unidades de ensino passaram por muitos reparos para o início do ano letivo. Trocas de lâmpadas, reatores, fechaduras, portas e vidros, consertos hidráulicos e sanitários em banheiros e áreas externas, capina e poda, pintura de salas e paredes pichadas, recuperação de telhados e esquadrias foram alguns dos serviços de manutenção realizados.
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE