Juiz quer que PF apresente laudos técnicos da Operação Carne Fraca

© Tânia Rêgo Agência Brasil. Essa solicitação veio por conta
de um do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
A Operação Carne Fraca foi desencadeada por conta de dois laudos técnicos. A informação foi apurada pelo Jornal Nacional, nesta segunda-feira (20). Segundo o noticiário, o juiz federal Marcos Josegrei da Silva, da 14ª Vara Federal de Curitiba, quer que a Polícia Federal (PF) apresente esses laudos.  
A investigação começou através de interceptações telefônicas e, também, por conta de depoimentos de fiscais e funcionários de frigoríficos, há dois anos.  
A PF tem, de acordo com o G1, até esta terça (21) para mostrar os dois laudos. Essa solicitação veio por conta de um do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.  
A reportagem apurou que um dos laudos é um "exame de produto" - feito na empresa Peccin. Esse documento, conforme a PF, "comprova a impropreidade das salsichas e linguiças produzidas pela Peccin e coletadas em estabelecimentos comerciais de Curitiba, materializando crime contra a saúde pública".  
O segundo laudo foi realizado com os produtos do frigorífico Souza Ramos, localizado na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Tanto Peccin quanto Souza Ramos negam as acusações. 

Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE