Juiz quer que PF apresente laudos técnicos da Operação Carne Fraca

© Tânia Rêgo Agência Brasil. Essa solicitação veio por conta
de um do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
A Operação Carne Fraca foi desencadeada por conta de dois laudos técnicos. A informação foi apurada pelo Jornal Nacional, nesta segunda-feira (20). Segundo o noticiário, o juiz federal Marcos Josegrei da Silva, da 14ª Vara Federal de Curitiba, quer que a Polícia Federal (PF) apresente esses laudos.  
A investigação começou através de interceptações telefônicas e, também, por conta de depoimentos de fiscais e funcionários de frigoríficos, há dois anos.  
A PF tem, de acordo com o G1, até esta terça (21) para mostrar os dois laudos. Essa solicitação veio por conta de um do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.  
A reportagem apurou que um dos laudos é um "exame de produto" - feito na empresa Peccin. Esse documento, conforme a PF, "comprova a impropreidade das salsichas e linguiças produzidas pela Peccin e coletadas em estabelecimentos comerciais de Curitiba, materializando crime contra a saúde pública".  
O segundo laudo foi realizado com os produtos do frigorífico Souza Ramos, localizado na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Tanto Peccin quanto Souza Ramos negam as acusações. 

Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

RIO DAS OSTRAS 25 ANOS

RIO DAS OSTRAS 25 ANOS

PATROCINADOR

PUBLICIDADE