Prefeitura esclarece sobre vacinação antirrábica em Rio das Ostras

A Secretaria de Saúde de Rio das Ostras esclarece que segue estritamente
 o protocolo definido pela Secretaria de Estado de Saúde quanto à vacinação
antirrábica humana no Município. Fotos Angel Morote / Divulgação
Circula desde o fim de semana, nas redes sociais, o depoimento do professor Alexandre Bezerra, que foi mordido por um cachorro e buscou atendimento de saúde na Rede Municipal de Rio das Ostras.  O professor questiona o atendimento do posto de saúde e afirma que não recebeu a vacina antirrábica. Para esclarecer o assunto, o Rio das Ostras Jornal entrou em contato com a Prefeitura para obter mais informações e recebeu a nota oficial abaixo:
A Secretaria de Saúde de Rio das Ostras esclarece que segue estritamente o protocolo definido pela Secretaria de Estado de Saúde quanto à vacinação antirrábica humana no Município.
O ofício circular SES/AO/SVS nº 94 enviado pelo Governo do Estado em outubro de 2016 informa sobre uma restrição no envio das doses pelo Ministério da Saúde e determina que cada Município defina uma unidade de saúde para centralizar as doses de vacina Antirrábica Humana e estabeleça dois dias da semana para realizar o esquema profilático da doença.
O Município definido estrategicamente como polo regional da Região da Baixada Litorânea foi Araruama, com aplicações da vacina às terças e sextas feiras em unidade de saúde e do soro antirrábico em unidade de emergência 24 horas. O soro antirrábico é destinado aos pacientes que necessitam de um imunobiológico de ação imediata, uma vez que a vacina demora um tempo para fazer efeito. O soro, por determinação do Governo do Estado, é administrado aos pacientes da Baixada Litorânea exclusivamente no Hospital Municipal São Vicente, em Araruama.
Como a vacina em Araruama é realizada às terças e sextas feiras, ficou determinado que os dias de vacinação em Rio das Ostras seriam as segunda e quintas-feiras, com centralização na Casa da Vacinação, no Posto de Saúde Dona Edméia.
ATENDIMENTO - Ditam as normas que o paciente que sofrer algum tipo de agressão por um animal possível transmissor da raiva humana deverá se dirigir a uma unidade de saúde o mais rápido possível para receber os primeiros atendimentos e, se necessário, ser encaminhado para a administração da vacina e/ou do soro antirrábico.

Em Rio das Ostras, a vacina antirrábica humana é oferecida exclusivamente na Casa da Vacinação- Posto de Saúde Dona Edmeia, localizado na Avenida Linda, s/no , em Nova Esperança, às segundas e quintas feiras, de 8h30 às 11h30 e de 13h30 às 16h. 
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE