Piñera ganha primárias da direita no Chile; Sánchez, as da esquerda radical

O ex-presidente chileno Sebastian Piñera acena após votar
 em primárias de coalizão da direita em Santiago, no domingo
(2) (Foto: AP Photo/Esteban Felix)
Ex-presidente teve 57% dos votos de coalizão de direita e jornalista chegou a 68% na disputa contra adversário de esquerda. Coalizão governista não realizou primárias e irá disputar diretamente primeiro turno das eleições presidenciais de 19 de novembro.
O ex-presidente do Chile Sebastián Piñera venceu neste domingo (2) com uma ampla maioria as primárias da direita para as presidenciais de novembro, enquanto a jornalista Beatriz Sánchez também ganhou com folga na esquerda radical.
Com 64,83% das urnas apuradas, Piñera obteve 57,11% dos votos, contra 13,90% do deputado Felipe Kast e 28,98% do senador Manuel José Ossandón. Sánchez venceu com 68,64% o sociólogo Alberto Mayol (31,36%), de acordo com os dados do Serviço Eleitoral.
A coalizão governista de centro-esquerda se excluiu das primárias, para disputar diretamente no primeiro turno das presidenciais de 19 de novembro.

Por France Presse
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE