Operação é realizada para coibir lava-jatos clandestinos na Zona Norte do Rio

Guardas municipais dão apoio à operação para retirar
 lava-jatos clandestinos na Mangueira (Foto: Divulgação / Seop)
Prefeitura passou a multar motoristas que param veículos no local. Policiais apuram denúncias de que estabelecimentos estariam explorando menores e vendendo drogas no local.
A Prefeitura do Rio e as polícias civil e militar realizam, na manhã desta quinta (20), mais uma operação conjunta para coibir a atuação de lava-jatos clandestinos na Rua Visconde de Niterói, na Mangueira, Zona Norte do Rio. A ação é coordenada pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) e conta com a atuação das polícias civil e militar, que apuram denúncias de que os estabelecimentos estariam explorando menores e ainda vendendo drogas no local.
Desde a última sexta-feira (14) a Guarda Municipal vem multando motoristas que insistem em parar veículos no local. Até o momento, 67 já foram autuados. Na semana passada foram desmontados 12 estabelecimentos irregulares na Avenida Radial Oeste, com o corte de ligações clandestinas de água e energia elétrica.
A área está sendo monitorada desde o início da semana passada pelo Núcleo de Videopatrulhamento da GM-Rio, que funciona no Centro de Operações Rio (COR). Em fase de testes, o recurso tecnológico permite também o acionamento de equipes nas ruas para mostrar os veículos parados no local.
A aplicação das multas foi uma das soluções encontradas pela Seop para desarticular o esquema que além de ocupar indevidamente calçadas e parte dessas vias, atrapalhando o trânsito, se mantém com a prática de crimes como o furto de água e de energia elétrica. Todos os veículos multados por estacionar sobre a calçada ou faixa de pedestre, terão infração considerada grave pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), com multa de R$ 195,23 e perda de cinco pontos na carteira.
Também participam da ação equipes da Coordenadoria de Fiscalização de Estacionamentos e Reboques, da Light, da Cedae, das secretarias municipais de Transportes e de Conservação e Meio Ambiente (Seconserma), das superintendências regionais da Tijuca e do Centro, e da Coordenadoria de Gestão de Espaços Urbanos, da Secretaria Municipal de Fazenda.

Por G1 Rio
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE