Feira gratuita de acessibilidade reúne veículos adaptados na Zona Sul do Rio

Carro 100% adaptado é uma das atrações da feira. Cadeira de rodas
deixa o deficiente em pé novamente. Cadeira de rodas manual é
 transformada em motorizada com equipamento elétrico
(Fotos: Miguel Folco / G1)
Mobility & Show Rio traz inclusão e acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida. RJ possui mais de 4 milhões de deficientes físicos.
O Rio de Janeiro recebe pela primeira vez na cidade a Mobility Show, evento gratuito que nasceu em São Paulo, em 2015, e que reúne empresas fornecedoras de produtos e serviços que viabilizam a mobilidade e a melhoria da qualidade de vida de pessoas com deficiência. A terceira edição da feira de acessibilidade começa nesta sexta-feira (7), na Marina da Glória, Zona Sul do Rio de Janeiro e fica na cidade até domingo (9).
No evento, os visitantes terão a possibilidade de conhecer montadoras e adaptadoras de veículos, autoescolas, despachantes, clínicas médicas, modelos de cadeira de rodas e todo tipo de fabricantes de produtos e equipamentos. Um atendimento gratuito para tirar dúvidas sobre direitos, benefícios e isenções também estará disponível. Portadores de necessidades especiais têm direito de adquirir automóveis com isenção de impostos como IPI, ICMS e IOF, além de não precisarem pagar IPVA.
O diretor da Mobility Show, Rodrigo Rosso, explica que a vinda do evento para o Rio de Janeiro foi um interesse do público carioca. A expectativa de público para essa primeira edição na cidade é de 3 a 5 mil visitantes. Durante o evento, são esperados de 700 a 1.000 test-drives.
“Percebemos a grande necessidade e interesse do público carioca em receber um evento assim, que apresentasse produtos e serviços de Tecnologia Assistiva as Pessoas com Deficiência, com Mobilidade Reduzida e seus Familiares e que, também, pudesse informar toda a população dos seus direitos e isenções de impostos, por isso escolhemos o Rio de Janeiro para iniciar nosso projeto de uma versão itinerante do evento em 2017”, conta Rodrigo Rosso, diretor e promotor do evento.
O estudante Jonas Batista Fernandes Lins, de 36 anos, é cadeirante há pelo menos 3 anos. Um tiro disparado por um criminoso durante uma tentativa de assalto no Méier, na Zona Norte da cidade, atingiu parte da coluna e Jonas perdeu os movimentos das pernas. Após três anos, ele conta que a sensação de poder ficar em pé novamente é única.
“Sensação única de poder ficar em pé novamente, olhar no olho das pessoas, agora ninguém mais esconde controle remoto em casa porque dá para pegar, olhar em 180 graus novamente, é uma sensação que só quem ficou sentado durante muito tempo pode explicar”, conta Jonas.
Segundo o Censo de 2010, existem no Brasil mais de 46 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência. Segundo dados da ONU e da OMS, mais de 500 pessoas por dia nascem ou se tornam uma pessoa com deficiência, seja por acidentes de transito, violência urbana, acidentes de trabalho, práticas de esportes radicais e outros fatores. Só no estado do Rio de Janeiro, vivem 4 milhões de pessoas com deficiência.
Considerando também idosos e pessoas com mobilidade reduzida, estima-se que o número de pessoas envolvidas diretamente com a causa e que podem usufruir dos direitos existentes em nossa legislação para o segmento ultrapasse, também no estado do Rio, a casa de 10 milhões de pessoas e a maioria delas não tem conhecimento desses benefícios.

Começa a Mobility Show na Marina da Glória
Serviço:
Mobility & Show RJ
Data: 07 a 09 de julho.
Horários: Sexta-feira das 12h às 18h e Sábado e Domingo das 10h às 18h.
Local: Marina da Glória – Rio de Janeiro.
Entrada Gratuita.
Credenciamento Antecipado: www.mobilityshow.com.br
(a partir de março)
Informações: 11 3873-1525 ou 0800 772 6612 (ligação gratuita).

Por Bruno Albernaz, G1 Rio
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE