Boko Haram sequestra 37 mulheres e deixa nove mortos no Níger

De acordo com autoridades, os terroristas atacaram a cidade a pé, para conseguir fugir e desviar de dispositivos de segurança com mais facilidade.
Militantes do grupo islamita nigeriano Boko Haram sequestraram 37 mulheres e mataram nove pessoas no domingo (2), na cidade nigerina de Ngalewa (sudeste), perto da fronteira com a Nigéria - anunciou o governador da região de Diffa nesta terça-feira (4).
"Os elementos do Boko Haram degolaram nove pessoas, Levaram mulheres, 37 mulheres, e partiram com elas", disse o governador Laouali Mahamane Dan Dano à rede pública nigerina.
"As Forças de Defesa e de Segurança (FDS) já começaram a busca, e esperamos que, nos próximos dias, essas mulheres sejam encontradas e libertadas", acrescentou Mahamane, que foi na segunda-feira (3) à cidade atacada.
O governador explicou que os homens que cometeram o ataque não usavam veículos. Segundo ele, a tática permitiu que os terroristas escapassem com mais facilidade pelo lago Chade.
Ngalewa fica a alguns quilômetros da cidade de Kabalewa, ao norte de Diffa, palco de um atentado suicida na última semana.
"Ngalewa sempre se opôs ao Boko Haram. Aí está porque vieram atacar esses cidadãos pacíficos", afirmou o governador.
Em conversa por telefone com a AFP, o prefeito da cidade, Abari El Hadj Dauda, declarou, na segunda-feira, que o ataque aconteceu no domingo à noite "entre 22h e 23h locais (18h e 19h, no horário de Brasília)".
Segundo ele, de 30 a 40 mulheres e crianças foram sequestradas pelos invasores. O prefeito confirmou os nove mortos.

Por France Presse
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE