Mulher suspeita de forjar a própria morte é presa pela PF em Bom Jesus do Itabapoana

Segundo a PF, as investigações apontaram que há cerca de oito anos
a presa forjou a própria morte com o objetivo de permitir que seu
companheiro, de 47 anos, recebesse de forma irregular, o benefício
de pensão previdenciária. Foto Divulgação 
Companheiro recebeu indevidamente, durante oito anos, pensão previdenciária.
A Polícia Federal prendeu na tarde desta quinta-feira (01) uma mulher de 32 anos em cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça Federal de Macaé. Ela é suspeita de forjar a própria morte e estava foragida há cerca de um ano. A suspeita foi localizada escondida na residência de sua mãe, no bairro Pimentel, em Bom Jesus do Itabapoana, no Noroeste Fluminense.

Segundo a PF, as investigações apontaram que há cerca de oito anos a presa forjou a própria morte com o objetivo de permitir que seu companheiro, de 47 anos, recebesse durante todo esse período, de forma irregular, o benefício de pensão previdenciária. O homem já havia sido preso em Araruama, na Região dos Lagos.
Por Amaro Mota, G1, Bom Jesus do Itabapoana
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE