Novo alvo de grupos da direita, Gilmar Mendes ganha versão de Pixuleco

Boneco de Gilmar Mendes© 
Alvo preferencial de movimentos e partidos de esquerda, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, que foi indicado ao cargo pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), também passou a ser atacado por grupos de direita que defendem a Operação Lava Jato. Nesta terça-feira, um boneco inflável com a imagem do ministro — à la Pixuleco, boneco do ex-presidente Luiz inácio Lula da Silva vestido como presidiário — será enchido na frente do STF, em Brasília, como protesto por ele ter decidido soltar o empresário Eike Batista e por ter votado a favor da liberdade do ex-ministro José Dirceu, do pecuarista José Carlos Bumlai e do ex-tesoureiro do PP João Cláudio Genu. Na imagem, Mendes aparece com a toga do STF e uma estrela do PT no peito.
Para não precisar fazer um novo boneco, o movimento NasRuas, liderado por Carla Zambelli, reaproveitou o corpo de um boneco de 13 metros de altura do ministro Teori Zavascki, ex-relator da Lava Jato que morreu num acidente aéreo em janeiro deste ano (confira abaixo). Na época, ele era criticado por ter mandado o juiz Sergio Moro enviar as investigações envolvendo Lula para o STF. Agora, o movimento decidiu trocar a cabeça de Teori pela de Gilmar e o nome de Teoreco para Gil-lax (em referência ao medicamente que solta o intestino).
 “Ele não estava sendo criticado antes porque não era um dos piores — tinha o Dias Toffoli e o Ricardo Lewandowski. Mas dessa vez ele escancarou a total falta de incoerência e ética. Não adianta nada o Moro prender e o STF soltar”, diz Carla Zambelli. Segundo ela, o ajuste custou 4.000 reais ao grupo, que levanta dinheiro em vaquinhas virtuais — um exemplar novo sairia por 12.000 reais. A versão antiga tinha mais duas cabeças — a de Lula e Dilma Rousseff (PT). No novo inflável, Dilma foi substituída por Dirceu e Lula foi mantido.
O protesto no STF será um dos atos organizados pelo grupo nesta semana em favor da Operação Lava Jato, cujo evento mais aguardado será o depoimento de Lula na quarta-feira. O NasRuas acatou apelo do juiz e desistiu da carreata que faria de São Paulo a Curitiba para acompanhar o interrogatório. No lugar, vai realizar atos menores em diversas capitais do país.
Além do de Gilmar, o grupo também inflará no STF o boneco de Levandowski. Os manifestantes também tinham o inflável do Dias Toffoli, mas o perderam em uma de suas exibições em protestos pelo Brasil. “Nós temos ele [Toffoli] desde 2015, mas como ele começou a tomar algumas decisões acertadas, nós paramos de usá-lo”, disse Carla.

VEJA.com
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

RIO DAS OSTRAS 25 ANOS

RIO DAS OSTRAS 25 ANOS

PATROCINADOR

PUBLICIDADE