Polícia na Índia tenta desvendar mistério de menina encontrada vivendo com macacos

Menina encontrada na floresta em Uttar, na Índia,
 tem entre 8 e 10 anos (Foto: BBC)
Comparada a Mogli, garota resgatada em floresta não fala e anda sobre quatro apoios, com ajuda de braços e pernas; não se sabe a quanto tempo estava nesta situação.
A polícia indiana está vasculhando listas de crianças desaparecidas para tentar identificar uma menina que aparentemente estava vivendo com um bando de macacos.
A garota tem entre 8 e 10 anos. Ela foi encontrada há algumas semanas na floresta em Uttar Pradesh, no norte do país. Não se sabe há quanto tempo ela estava nesta situação.
Um policial, Suresh Yadav, contou à BBC que, quando foi encontrada, ela brincava com macacos e imitava seu comportamento. Ela tinha sido avistada por moradores de um vilarejo na reserva natural de Katarniaghat, próximo da fronteira com o Nepal.
Os animais teriam atacado a equipe de resgate quando eles chegaram para levá-la de volta à civilização. A menina estava desnutrida, tinha cabelos e unhas longos e apresentava ferimentos e arranhões pelo corpo.
Mogli
A garota não fala e apresenta um comportamento semelhante ao de símios, ao guinchar e andar "de quatro", com a ajuda dos braços e das pernas.
Ela ainda está no hospital, onde recebeu a visita de autoridades, mas seu estado já é bem melhor. Uma vez que receber alta, será entregue a assistentes sociais e especialistas para que seja reintroduzida aos poucos na sociedade.
Ela vem sendo chamada de "Durga da Floresta", uma referência a uma deusa guerreira hindu, e comparada a Mogli, personagem de O Livro da Selva (1894), de Rudyard Kipling.
Na história, adaptada pela Disney para o cinema, um menino indiano é criado na natureza por um bando de lobos.

Por BBC
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE