Picciani diz que, se socorro não for aprovado, 'única saída' será intervenção federal no RJ

Jorge Picciani fala sobre a urgência de se aprovar
o projeto de socorro aos estados
Ele espera que medidas de recuperação fiscal sejam aprovadas nos próximos 15 dias. Pezão diz que ele só reproduziu o que deputado falou no Congresso.
Em entrevista ao jornalista Fernando Molica, da rádio CBN, o presidente da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), Jorge Picciani, falou sobre a urgência de se aprovar o projeto de socorro aos estados no Congresso. O deputado disse, que se isso não acontecer nos próximos 15 dias, haverá necessidade de intervenção federal.
“Se o pacote de medidas para o Rio de Janeiro não for aprovado, a única saída será uma intervenção federal”, disse Picciani, lembrando que a Alerj já aprovou cinco das 11 medidas do pacote, mas que as questões mais delicadas, como a previdência e a suspensão de novos concursos para servidores ainda não foram aprovadas. .
Ele destaca que os estados do Sul e do Sudeste têm uma dívida muito maior do que os estados do restante do país, e, por isso, "os governadores dos outros estados não querem aceitar os ajustes, o que é correto. Com isso, demora um pouco a aprovação". Ainda assim, Picciani estima que após a Semana Santa o projeto de ajuda aos estados seja aprovado no Senado.
Picciani alega ainda que caso o pacote não seja aprovado, o custo para a União será muito maior, porque o Rio de janeiro pode perder o controle da área de segurança.
O deputado disse também que é contra o impeachment do governador Luiz Fernando Pezão.
O governador Luiz Fernando Pezão disse que o presidente da Alerj só reproduziu o que o deputado federal Pedro Paulo disse no Congresso, na quinta-feira (6). E voltou a dizer que a solução para os problemas do estado passa pelo Congresso.

Por RJTV
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

RIO DAS OSTRAS 25 ANOS

RIO DAS OSTRAS 25 ANOS

PATROCINADOR

PUBLICIDADE