Lula quer Gleisi na presidência do PT, mas enfrenta resistência

© Agência Brasil O presidente do PT, Rui Falcão, também
é um dos apoiadores de ideia, sob o argumento de que é
 hora de haver uma mulher à frente do partido
Numa disputa dentro de sua própria corrente interna do PT, a CNB (Construindo um Novo Brasil), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva defende o nome da senadora Gleisi Hoffmann (PR) para a presidência do partido.
Lula passou a trabalhar abertamente por Gleisi na sexta-feira (31), após reuniões com quatro candidatos ao cargo, inclusive a senadora.
Nesta segunda-feira (3), o ex-presidente se reunirá de novo com dirigentes da CNB. Ele tem apresentado o nome de Gleisi como único capaz de demover o senador Lindbergh Farias (RJ), de quem é amiga, da disputa.
O presidente do PT, Rui Falcão, também é um dos apoiadores de ideia, sob o argumento de que é hora de haver uma mulher à frente do partido.
O nome de Gleisi surgiu depois de aberta uma disputa na CNB entre o ex-ministro Alexandre Padilha e o tesoureiro da sigla, Márcio Macedo.
Nesta segunda (3), Padilha venceu um levantamento interno feita pela CNB em todo o país. E Macedo tem reclamado do fato de Padilha ter seu nome lançado para disputa há cerca de apenas 15 dias.
Os dirigentes da CNB estão resistindo à candidatura de Gleisi. Queixam-se de seu temperamento. Internamente, afirmam que Gleisi seria "mais uma Dilma". Com informações da Folhapress.

Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE