Lula diz que Moro adiou seu depoimento por falta de prova

Lula afirmou também que não "barganhará" com Moro,
abrindo mão de suas testemunhas de defesa. 
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou nesta quinta-feira (27) da reunião do comando nacional do PT.
No encontro, Lula se disse confiante e preparado para o depoimento que prestará no dia 10 ao juiz Sergio Moro. O ex-presidente disse ainda que deseja que seu depoimento seja amplamente divulgado para evitar, segundo ele, "vazamentos seletivos".
Afirmou também que não "barganhará" com Moro, abrindo mão de suas testemunhas de defesa. Segundo dois participantes, Lula afirmou que o adiamento de seu depoimento, anteriormente previsto para o dia 3, é uma demonstração de falta de provas capazes de sustentar sua condenação.
Ainda segundo participantes, Lula disse que os agentes públicos responsáveis pela Lava Jato fizeram operações em sua casa e no apartamento de parentes em busca de provas de enriquecimento. Mas se frustraram.
Lula tentou tranquilizar os petistas quanto ao potencial explosivo de um depoimento do ex-ministro Antonio Palocci, dizendo ser ele um amigo de quem não tem medo.O ex-presidente disse que não participará do ato desta sexta-feira (28).
Segundo o deputado estadual, Rogério Corrêa, Lula "também repetiu que quer ir depor para mostrar mais uma vez que saiu da presidência como entrou: sem enriquecimento, sem conta no exterior, com dignidade e ética".
Preocupado com as disputas internas , Lula decidiu participar da reunião do comando partidário com a tarefa de debelar crises. Após pouco mais de uma hora de reunião, deixou a sede do PT com um recado: "Ainda bem que vocês vão resolver isso e poderão discutir coisas mais importantes". Com informações da Folhapress.

Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

RIO DAS OSTRAS 25 ANOS

RIO DAS OSTRAS 25 ANOS

PATROCINADOR

PUBLICIDADE