Cabo Frio intensifica vacinação contra febre amarela

Vacinação contra febre amarela é intensificada
 na cidade. (Foto: Reprodução/EPTV)
Doses passam a ser aplicadas em 10 postos da zona rural e em 19 na área urbana nesta terça (11) e quarta-feira (12).
A vacinação contra a febre amarela será intensificada a partir nesta terça (11) e quarta-feira (12) em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio. O objetivo, segundo a Prefeitura, é o aumento da cobertura vacinal no município até que todos sejam vacinados. Segundo a Prefeitura, até esta segunda-feira (10), 86.736 pessoas foram vacinadas contra a doença. Todas essas unidades funcionarão a partir das 9h.
São Pedro da Aldeia, vizinha à Cabo Frio, teve a confirmação de um caso de febre amarela silvestre em um morador. A cidade terá um "Dia D" de vacinação nesta quinta-feira (6). Na quinta-feira (30), a Secretaria de Estado de Saúde confirmou que o Rio de Janeiro tem nove casos confirmados da doença: sete, com uma morte, em Casimiro de Abreu, um em São Fidélis, no Norte Fluminense, e um em um moraror de São Pedro da Aldeia.
As unidades onde a população encontra a vacina na área rural são: PAM de Santo Antônio, Posto de Saúde de Unamar, PS Angelim, PSF Araçá, PS Botafogo, PSF São Jacinto, PSF Florestinha, PSF Nova Califórnia, PSF Maria Joaquina e ESF Samburá.
Já na área urbana a vacinação estará disponível nos seguintes postos: Centro de Saúde Oswaldo Cruz, Hospital Municipal Otime Cardoso dos Santos (Jardim Esperança), ESF Vila Nova, ESF Caiçara, ESF Parque Burle, ESF Guarani, ESF Jardim Náutilos, ESF Praia do Siqueira, ESF Itajuru, ESF Gamboa, ESF Jacaré, ESF Monte Alegre, ESF Boca do Mato, ESF Tangará, ESF Caminho de Búzios, UBS Peró, ESF Cajueiro, ESF Jardim Peró e ESF Vila do Ar.
A vacinação é feita em pessoas entre 9 meses até 60 anos de idade. Para aqueles que têm imunidade baixa, é necessário uma atenção maior. Entre as pessoas que possuem restrições à vacina estão: grávidas e que estão amamentando, pessoas que são portadoras de HIV/AIDS, com câncer, acima de 60 anos, pessoas com alergia a ovo, com doenças do fígado, com hipertensão arterial sem controle adequado e com diabetes descontrolada. Quem faz uso crônico de corticoides só pode ser vacinado com avaliação médica.
A intensificação da vacinação visa também diminuir a procura da vacina durante a campanha da Influenza (gripe), que vai iniciar no dia 17 de abril. De acordo com a superintendente de Vigilância em Saúde de Cabo Frio, Lucy Pires, a vacina contra a febre amarela não impede que a pessoa se imunize contra a Influenza.

Por G1 Região dos Lagos, Cabo Frio
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

RIO DAS OSTRAS 25 ANOS

RIO DAS OSTRAS 25 ANOS

PATROCINADOR

PUBLICIDADE