Rio de Janeiro registra 38 casos de suspeita de febre amarela no estado

Registros foram enviados por secretarias municipais do RJ. Dois casos permanecem em investigação pela Prefeitura de Casimiro de Abreu.
Até esta terça-feira (14), a Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro registrou 38 notificações de casos suspeitos de febre amarela. A pasta informou que os registros enviados por secretarias municipais não correspondem a critérios de definição de caso determinados pelo Ministério da Saúde e que, por isso, os dados não foram repassados ao governo federal.
A secretaria também ressaltou que "vem emitindo notas técnicas orientando aos municípios que intensifiquem a vigilância por meio da notificação de todo evento suspeito". Isso segundo a pasta, tem como objetivo detectar previamente possíveis casos.
O que a pasta quer é tornar o sistema de vigilância epidemiológica mais sensível. Por isso, devem ser notificados para fins de investigação os casos de pessoas com febre que dure até sete dias de duração, acompanhada de dois ou mais dos seguintes sinais e sintomas: cefaleia, mialgia, artralgia, vômitos, icterícia e manifestações hemorrágicas, residente ou procedente nos últimos 15 dias de áreas de transmissão de febre amarela.
Entre as notificações recebidas pela SES, dois casos permanecem em investigação - foram informados pela Prefeitura de Casimiro de Abreu, no último fim de semana.

G1 Rio
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE