Presidente do TST rebate Maia sobre fim da Justiça trabalhista

Ministro do TST, Ives Gandra Martins Filho, e o presidente da
 Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ)
(Agência Brasil/Câmara dos Deputados)
Presidente da Câmara disse que Justiça trabalhista "não deveria nem existir"; Ives Gandra Filho discordou, afirmando que não se pode generalizar
O presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro Ives de Gandra Martins Filho, rebateu nesta quinta-feira as declarações do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de que a Justiça trabalhista “não deveria nem existir”. Em nota enviada por sua assessoria, o ministro afirmou que “não se pode julgar e condenar” uma instituição pelo exagero de alguns integrantes, “pois, se assim fosse, nenhuma mereceria existir”.
Nesta quarta-feira, Maia classificou como “irresponsáveis” decisões que vêm sido tomadas por juízes do trabalho e que tem causado a “quebra” de empresas no Rio de Janeiro. Na sua visão, o excesso de regras no mercado de trabalho provocou o aumento do desemprego no país, que alcança mais de doze milhões de pessoas, segundo dados do IBGE.
O presidente do TST, que chegou a ser cotado para a vaga de Teori Zavascki no Supremo Tribunal Federal (STF), disse no texto que não poderia deixar de “discordar de sua excelência”, a quem admira e estima. Mas ressaltou que a Justiça do Trabalho tem prestado “relevantíssimos serviços à sociedade, pacificando greves e conflitos sociais com sua vocação conciliatória”.
Em foto divulgada pela Secretária da Justiça, trabalhadores bolivianos produzem peças para as Lojas Pernambucanas. De acordo com informações da secretária, os trabalhadores vivem em condições precárias dentro do próprio local onde confeccionam peças para a empresa

Apesar de se contrapor às afirmações do deputado do DEM, o ministro do TST defende a proposta feita pelo governo Temer de reforma nas leis trabalhistas que tramita no Congresso. Segundo ele, se não houver as mudanças, o desemprego crescerá ainda mais e o país estaria sob o risco de caminhar rumo à situação da Venezuela no mercado de trabalho.
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE