Polícia do Rio acha 40 milhões de bolívares venezuelanos em favela

Polícia apreende em R$ 12 milhões em dinheiro venezuelano
 (Divulgação/Divulgação)
Dinheiro estava em malas espalhadas nos bancos e porta-malas de dois carros roubados na comunidade do Caju; principal suspeita envolve o tráfico de drogas
A Polícia Civil apreendeu na favela do Caju, zona portuária do Rio de Janeiro, cerca de 40 milhões de bolívares venezuelanos, o equivalente a R$ 12 milhões pelo câmbio atual. Segundo a delegacia de São Cristóvão, que apura o caso, o dinheiro estava em várias malas espalhadas nos bancos e no porta-malas de dois carros roubados.
A polícia chegou à favela depois de receber denúncia anônima. Na ação, houve troca de tiros com traficantes da região, mas ninguém foi preso ou ferido. Os carros e o dinheiro foram levados para a delegacia.
De acordo com o delegado André Neves, que coordenou a operação, a Polícia Civil ainda não sabe qual será a destinação do dinheiro: se as notas serão contadas na própria delegacia com auxílio da polícia técnica ou se vão ser encaminhadas para a Superintendência da Polícia Federal, no Rio.
Os agentes guardaram o dinheiro em sala e esperam ordens da cúpula da Polícia Civil para definir o que fazer. Os policiais suspeitam que o dinheiro apreendido tenha ligação direta com o tráfico de drogas, mas, como não é um valor de fácil transação no mercado, é preciso aprofundar as investigações para saber o destino final dos bolívares.

(Com Agência Brasil)
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

RIO DAS OSTRAS 25 ANOS

RIO DAS OSTRAS 25 ANOS

PATROCINADOR

PUBLICIDADE