Macaé: vacinação contra Febre Amarela começa no Sana

Cerca de mil doses estão disponibilizadas na Estratégia Saúde
da Família do distrito serrano. Divulgação
O Sana, região serrana de Macaé, recebeu, a partir da segunda-feira (13), mil doses da vacina contra febre amarela. A medida preventiva na localidade marca o início da tática de vacinação em todo o município, prevista para o final de março. A ideia é criar no distrito uma faixa de bloqueio devido à proximidade com Mata Atlântica. As doses estão disponíveis, das 7h às 16h, na Estratégia Saúde da Família (ESF), localizada na Rua José Jesus Júnior, s/nº, próxima à praça principal.

Para se vacinar, basta comparecer com documentos de identificação e comprovante de residência da localidade. A faixa etária é de nove meses a 60 anos. A vacina não é recomendada para gestantes, lactantes de crianças com até seis meses de idade e nem para quem tem mais de 60 anos, nesse último caso o médico deverá avaliar o benefício e o risco. A vacinação também é contraindicada para pessoas com câncer; HIV positivo; que sejam alérgicas à proteína do ovo e à gelatina ou que façam uso de medicamentos como corticoide.

- Já vacinamos cerca de 3,5 mil pessoas que comprovaram viagens para áreas de risco, porém, agora vamos seguir a recomendação do Estado de vacinar toda a população. O Sana foi a primeira área escolhida por ter proximidade com a região de mata. No final do mês, a expectativa é receber cerca de 150 mil doses para atingir toda a população de Macaé, exceto os idosos -, explica a gerente de Vigilância em Saúde, Ana Paula Dal-cin.

Reforço

A Secretaria Estadual de Saúde anunciou o reforço da vacinação contra febre amarela para toda a população no estado, com início em 15 dias. Atualmente, a vacinação acontece em apenas em 30 cidades localizadas nas divisas com Minas Gerais e Espírito Santo, onde há casos confirmados da doença. A expansão da indicação da vacina para todo o estado é continuidade das ações preventivas, com base no cenário epidemiológico dos estados vizinhos.

A febre amarela é causada por um vírus da família Flaviviridae e ocorre em alguns países da América do Sul, América Central e África. No meio rural e silvestre, ela é transmitida pelo mosquito Haemagogus. Em área urbana, o vetor é o Aedes aegypti, o mesmo da dengue, zika e chikungunya. Segundo o Ministério da Saúde, a transmissão da febre amarela no Brasil não ocorre em áreas urbanas desde 1942.

No Brasil, os locais de risco são as regiões de matas e rios dos Estados do Norte e Centro-Oeste, bem como parte da Região Nordeste (Estado do Maranhão, sudoeste do Piauí, oeste e extremo-sul da Bahia), Região Sudeste (Estado de Minas Gerais, oeste de São Paulo e norte do Espírito Santo) e Região Sul (oeste dos Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul).
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

RIO DAS OSTRAS 25 ANOS

RIO DAS OSTRAS 25 ANOS

PATROCINADOR

PUBLICIDADE