'Bandivas' ostentam armas na Internet e podem parar na cadeia

Fotos nas redes mostram jovens da Maré exibindo
 coletes balísticos. Divulgação
Delegado investiga ligação com o tráfico
Rio - A Polícia Civil investiga imagens em que duas mulheres aparecem usando radiotransmissores, colete balístico e até armas — que os investigadores ainda não sabem se seriam de ‘airsoft’. Chamadas de ‘bandivas’, uma mistura de bandidas e divas, as mulheres teriam tirado as fotos no Complexo da Maré para ganhar as redes sociais. As imagens estão anexadas ao inquérito da 21ª DP (Bonsucesso), que apura o tráfico de drogas na região.
Segundo o delegado Wellington Pereira Vieira, titular da 21ª DP, o procedimento apura se as mulheres são ligadas ao traficante Thiago da Silva Folly, conhecido como TH ou Riqueza, de 28 anos. Integrante da facção Terceiro Comando Puro (TCP), ele tem recompensa de R$ 2 mil estipulada pelo serviço Disque-Denúncia (2253-1177) por sua captura.
Fotos nas redes mostram jovens da Maré exibindo coletes balísticosDivulgação
Desde 2014, o bandido e seus comparsas controlam a venda de entorpecentes no Complexo da Maré. “Estamos tentando identificar as mulheres. Elas podem ser ligadas ao tráfico e, por isso, a 21ª DP está investigando essa possibilidade. Também apuramos a ligação delas com o traficante TH”, frisou o delegado Vieira. Ainda segundo ele, as ‘bandivas’ serão chamadas a prestar depoimento, podendo responder por associação para o tráfico de drogas.

GUILHERME SANTOS
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE