PM morre após ser baleado em favela na Baixada Fluminense

Thiago Bispo foi morto com um tiro no peito no Rio
 de Janeiro (Foto: Reprodução/ TV Globo)
Policial é o 5º militar da corporação morto durante expediente em 2017. Número de PMs mortos no estado chega a 20.
O cabo Thiago Bispo, da Polícia Militar, foi baleado e morreu na noite desta terça-feira (7). O militar participava de um patrulhamento na Favela Dom Bosco, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, quando foi alvejado. Ele chegou a ser socorrido para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) local, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital da Posse, também na Baixada.
Testemunhas contam que os policiais militares foram surpreendidos por cinco criminosos armados quando começou um tiroteio. Thiago foi baleado no peito.
Segundo informou a PM, o militar morto nesta terça, é o 5º policial da corporação a ser morto enquanto estava de serviço. No total, chega a 20 o número de PMs mortos no estado em 2017. Ainda há outros dois casos que aguardam confirmação de laudo pericial. O PM morto nesta terça era lotado no 20º BPM (Mesquita).

Thiago tinha 34 anos, era casado e pai de duas crianças. Ele trabalhava no Grupamento de Ações táticas do Batalhão de Mesquita, na Região Metropolitana do Rio. 
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE