Prefeitura de Rio das Ostras discute prevenção dos desastres ambientais | Rio das Ostras Jornal

Prefeitura de Rio das Ostras discute prevenção dos desastres ambientais


Autoridades de diferentes cidades fluminenses se reuniram na manhã desta quarta-feira, dia 17, na Câmara Municipal de Rio das Ostras.

As tragédias ambientais formadas por inundações, ciclones, terremotos, incêndios florestais, deslizamentos, entre outras ameaças, vêm tirando o sono das autoridades da Defesa Civil do Brasil e em mais 167 país que em 2005 assinaram o Marco de Ação de Hyogo, instrumento de referência de atuação em caso de risco de desastres. As tragédias afetam cerca de 200 milhões de pessoas todos os anos no planeta. 

Debatendo esse tema e buscando soluções, autoridades de diferentes cidades fluminenses se reuniram na manhã desta quarta-feira, dia 17, na Câmara Municipal de Rio das Ostras durante a abertura do II Workshop Estadual do Marco de Ação de Hyogo. Estiveram presentes o prefeito de Rio das Ostras, Sabino, acompanhando do vice Gelson Apicelo, do presidente do Legislativo, Alzenir Pereira Melo, do coordenador da Defesa Civil do Município, Tenente Coronel Eric Alves e do Diretor da Escola de Defesa Civil Estadual, Tenente Coronel Paulo Renato, além de outros representantes dos municípios e Estado.
 

Sabino destacou a admiração que tem pela instituição do Corpo de Bombeiros e fez um apelo público às autoridades estaduais pela instalação imediata da corporação no município de Rio das Ostras. “Nós já fizemos nossa parte, que foi doar a área e construir o espaço físico, obedecendo as exigências do órgão. Agora só aguardamos o aval da corporação para determinar o efetivo e as viaturas, colocando assim em prática uma base do Corpo de Bombeiros em Rio das Ostras. Podemos ajudar, mas o Estado também tem sua responsabilidade constitucional para garantir a segurança da população” comentou .
 

O prefeito disse ainda que é preciso investir muito na consciência da população em relação a questões ambientais, que é uma responsabilidade do Governo e de cada cidadão. Ele aproveitou para exemplificar a tragédia que ocorreu em Nova Friburgo há dois anos, quando mais de 900 pessoas morreram. Como exemplo positivo, Sabino citou a cultura de prevenção e consciência ambiental de Cuba, que é compartilhada por todos o moradores e reforçada nas escolas. “Não adianta só tomar medidas após tragédias; precisamos mudar a cultura do brasileiro e desenvolver politicas de prevenção."
 

PLANO DE CONTINGÊNCIA

O coordenador da Defesa Civil, Tenente Coronel Eric Alves, falou que o município de Rio das Ostras trabalha para ser referência em todo o País. Reconhece que no momento o setor está em fase de reestruturação. “Estamos fazendo levantamento das áreas de riscos, não só para dar respostas após tragédias, mas para trabalhar em medidas de prevenção e preparação. E para isto, estamos fazendo parceria com outras secretarias como Obras, Bem-Estar Social, Serviços Públicos, entre outras. O município está construindo um Plano de Contingência", informou.
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentario.
Fique sempre ligado do que acontece em nossa cidade!