Chefe da Polícia Civil do Rio é denunciado pelo Ministério Público | Rio das Ostras Jornal

Chefe da Polícia Civil do Rio é denunciado pelo Ministério Público

© Foto: Carl de Souza/Getty Images

RIO - O chefe da Polícia Civil do Rio, delegado Rivaldo Barbosa, e o ocupante anterior desse cargo, delegado Carlos Leba, foram denunciados pelo Ministério Público do Estado do Rio (MP-RJ) por crimes contra a Lei de Licitações. O órgão pede ainda que a Justiça determine o afastamento imediato de Barbosa do cargo. A denúncia foi divulgada nesta quinta-feira, 12.
Enquanto chefes da Polícia Civil do Rio, os dois delegados firmaram contratos de emergência para prestação de serviços de informática às delegacias do Estado em situações nas quais, para o Ministério Público, a lei não permite esse tipo de contrato - deveria ter havido concorrência, defende o órgão.
Leba assinou dois contratos desse tipo, ao longo de 2017, e Barbosa firmou um contrato, já neste ano. Ele assumiu a função em março passado.
Os três contratos somam, juntos, mais de R$ 19 milhões. Para o Ministério Público, deveria ter sido feita licitação, que provavelmente permitisse economia aos cofres públicos. A denúncia foi apresentada pelo promotor de Justiça Claudio Calo, da 24ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal.
Resposta
A reportagem procurou a assessoria da Polícia Civil, para que se manifestasse sobre a denúncia, mas não obteve resposta até as 20h15 desta quinta-feira.
Fábio Grellet

Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.