Pacientes Diabéticos visitam horta agroecológica em Rio das Ostras e recebem palestra sobre alimentação saudável

Para Jane Saager, cultura da alimentação saudável tem grande
valor para ela, que tem diabetes há seis anos.
Fotos: Mauricio Rocha / Arte ROJORNAL
Além de palestra, encontro teve direito a lanche elaborado com produtos naturais

Cerca de 25 idosos que fazem parte do Programa de Apoio aos Pacientes Diabéticos de Rio das Ostras participaram de uma atividade bem interessante e construtiva nesta quarta-feira, dia 27. O grupo conheceu uma horta agroecológica na localidade da Enseada das Gaivotas e ganhou orientações sobre alimentação saudável, com direito a lanche elaborado com produtos naturais.

O encontro aconteceu na residência da agricultora familiar Rogéria do Carmo Simeão. Ela realiza desde 2013 este trabalho, que começou no quintal de sua casa e se desmembrou para o projeto de uma feira agroecológica, que acontece todas as sextas-feiras, das 8h às 12h, na praça Zélia Gatai, na Enseada.

“Nosso trabalho é uma mensagem de vida com foco na alimentação saudável e preservação ao meio ambiente. E graças aos nossos parceiros, como os agricultores de Cantagalo, que expõem seus produtos na Feira, as pessoas podem encontrar mais de 30 tipos de ervas medicinais e outros alimentos”, destacou.

De acordo com a nutricionista do Grupo de Apoio aos Pacientes Diabéticos, Gladis Cardoso, toda semana são realizadas atividades com os idosos, que educam e incentivam para uma alimentação mais saudável e adesão de hortas caseiras.

“Hoje estamos aqui por ser um grande projeto, que traz um incentivo à utilização de alimentos naturais e temperos. Costumamos também passar dicas e receitas que ajudam nessa mudança de hábitos importantes para os pacientes diabéticos. E ainda para que sejam multiplicadores desses conhecimentos”, acrescentou a nutricionista.

Para a dona de casa Jane Saager, de 50 anos, que tem diabetes há seis anos e frequenta o grupo há quatro, esses encontros sempre trazem conhecimentos. Ela lembrou que também aprendeu a plantar com a mãe.

“Tenho outras limitações e como não posso usar remédios farmacêuticos, já tenho uma pequena horta em casa. Aqui é uma troca de experiências e temos que passar adiante essa cultura do uso de produtos naturais, que faz tão bem à saúde”, completou.

PROGRAMA DE APOIO AOS DIABÉTICOS - As reuniões do grupo acontecem às quartas-feiras, das 9h às 12h, no Centro de Saúde Extensão do Bosque. Também são feitas palestras e oficinas sobre insulina, pressão arterial, entre outros assuntos e, fisioterapia.

PARCERIAS - O encontro ainda contou com a parceria de professores e alunos da UFRJ, de Macaé. Segundo a professora do curso de Nutrição, Vanessa Schottz, este ano foi realizado um trabalho com alunos da disciplina de Educação Alimentar e Nutricional, que elaboraram um vídeo e estão preparando uma exposição de fotografias sobre as mulheres agricultoras da Enseada das Gaivotas.

Além disso, também fizeram uma parceria com a Prefeitura de Rio das Ostras para estágio em Nutrição, na Rede de Saúde do Município, e um dos grupos acompanha o trabalho no Programa de Apoio aos Pacientes Diabéticos.

“Junto aos idosos conhecemos hoje o projeto de Dona Rogéria, e a intenção é dar mais visibilidade a experiências como essa, que chamam a atenção para a preservação ambiental, alimentação saudável e os impactos dos agrotóxicos. Queremos trazer os alunos para conhecerem e desenvolverem práticas da Educação Popular”, frisou Vanessa, lembrando que a Exposição Fotográfica está prevista para outubro, em Macaé.

Também participaram do encontro a professora de Nutrição (UFRJ), Fernanda Amorim; a fisioterapeuta da equipe do Grupo de Apoio aos Diabéticos, Marcelle Cardillo; e o palestrante e médico em medicina holística e fitoterápica, Sérgio Nikitiuk.
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE