Macri pede eleições na Venezuela e oferece mediação do Mercosul

O presidente argentino, Mauricio Macri (Foto: France Presse)
A proposta de mediação foi feita durante a sessão plenária da cúpula do Mercosul em Mendoza.
O presidente argentino, Mauricio Macri, pediu nesta sexta-feira (21) a adoção de um calendário eleitoral na Venezuela e reiterou a oferta de mediação do Mercosul para um diálogo entre o governo e as forças da oposição. A declaração do mandatário argentino abriu a sessão plenária da cúpula do Mercosul em Mendoza.
"Como membros do Mercosul, reiteramos o nosso apelo para a paz, a liberdade dos presos políticos e a rápida adopção de um calendário eleitoral na Venezuela, e reiteramos a nossa vontade de estabelecer em acordo com o governo e a oposição um grupo de contato para mediar um diálogo entre as partes em conflito ", afirmou Macri.
Em referência ao plebiscito simbólico convocado na semana passada pelas oposições da Venezuela, o presidente argentino felicitou os venezuelanos, declarando que “mostraram ao mundo, mais do que nunca, que eles estão comprometidos com a democracia". "Nosso compromisso com a democracia e os direitos humanos, e com a criação de uma zona de paz, são as provas mais importantes de que nosso processo de integração regional deve se aprofundar e se fortalecer".

Por G1
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE