Macaé: Prefeitura segue cadastrando animais para castração gratuita

Moradores do Lagomar, Barreto e Engenho da Praia
 puderam se inscrever no programa. Foto: Bruno Campos
Em mais uma ação para castração de cães e gatos, 186 animais foram cadastrados pela Coordenação Especial de Promoção da Saúde dos Animais/Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). A mobilização, realizada na última semana, atendeu moradores do Lagomar, Barreto e Engenho da Praia. As cirurgias são realizadas gratuitamente a fim de garantir o controle do crescimento populacional com eficiência, segurança e bem-estar ao animal.

As intervenções cirúrgicas, que irão avançar em direção a outros bairros onde há maior população de animais, fazem parte do Programa Municipal de Controle Populacional de Cães e Gatos (PCPCG) e Controle de Zoonoses por meio de parcerias.

- Acreditamos que é possível realizar políticas públicas para animais em Macaé. Nosso objetivo é atender as pessoas de menor poder aquisitivo que não conseguem pagar um procedimento como esse. O programa Municipal está respaldado na nova legislação federal (Lei 13.426/2017) que criou uma política de controle de natalidade de cães e gatos no Brasil. Nossa meta é continuar fazendo o cadastramento e castração nas áreas de maior índice de cães e gatos para evitar o surgimento de mais animais em situação de rua - avaliou o coordenador especial de Promoção da Saúde dos Animais, Rafael Amorim.

Os primeiros procedimentos que ocorreram no último mês de maio e que castrou 22 caninos e 16 felinos foram realizados pela equipe de profissionais pós-graduados do projeto de extensão da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), de Campos dos Goytacazes, com o apoio dos médicos veterinários do CCZ de Macaé. Além disso, houve a adesão de um voluntariado composto de estudantes de veterinária, do Pet Star (pet shop) e Casa dos Anjos, entre outros.

O cadastro é a fase inicial para a castração de cães e gatos, um procedimento que garante o controle da natalidade. No ato do cadastramento os interessados apresentam documentos como CPF e comprovante de endereço, além do Número de Inscrição Social (NIS). Após a verificação dos dados e comprovado o enquadramento nos critérios do programa, bem como as plenas condições do animal, o proprietário é contatado para a marcação da cirurgia.

Avaliação

Muitos proprietários de animais que foram vacinar seus cães e gatos contra a raiva aproveitaram para fazer o cadastro. Dos 186 animais, 68 foram avaliados para o procedimento cirúrgico pela médica veterinária do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), Débora Benjamin. “Após o cadastramento avaliamos logo e apenas um cão foi considerado não apto para a cirurgia. O princípio de tudo é a castração que diminui o número de animais abandonados nas ruas. Quando cães e gatos estão nessa situação há sempre a manifestação de doenças como esporotricose, raiva, leptospirose e muitas outras”, explicou.

Próxima etapa

A próxima etapa do cadastro acontecerá na quinta-feira, dia 13, contemplando moradores do Jardim Carioca (Rua São João) e Piracema (Praça Principal) das 9h às 16h em conjunto com a campanha de vacinação antirrábica.

Vacinação antirrábica

A vacinação antirrábica, única forma de prevenção contra o vírus da doença incurável que é transmitida por meio da saliva dos animais contaminados, imunizou entre os últimos dias 5 e 6, em três locais da Avenida W 5 do Lagomar, cerca de 1.280 cães e 335 gatos. No Barreto, na sexta-feira (7), 168 cães e 37 gatos foram vacinados. Até o próximo dia 31, 20 outros bairros serão atingidos com a medida preventiva.
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE