Suspeita de mandar matar marido por R$ 2 milhões em seguros é presa em Araruama

Mulher suspeita de mandar matar marido 
por R$ 2 milhões em seguros é presa em Araruama
Oficial da Marinha William Alzeman foi morto com três tiros em 2015; o G1 tenta contato com a defesa de Rafaela Damas Ribeiro dos Santos.
Rafaela Damas Ribeiro dos Santos, de 30 anos, foi presa na manhã desta terça-feira (27) em Araruama, na Região dos Lagos do Rio. Ela é suspeita de ter mandado matar o marido, o oficial da Marinha Mercante William Alzeman, na época com 29 anos, para receber dois seguros de vida dele no valor total de R$ 2 milhões. Ela foi presa na casa do namorado, na Praça da Bandeira, e levada para a 118ª Delegacia de Polícia.
O mandado de prisão preventiva por homicídio qualificado foi expedido em novembro de 2016 pelo juiz Nearis Dos Santos Carvalho Arce, do 3° Cartório da 3ª Vara Criminal de Niterói (RJ). O caso é investigado pela Divisão de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG); ela estava na lista dos 10 foragidos mais procurados da DH.
O homem suspeito de ser o autor dos disparos, Victor Martins Tavares Ribeiro, conhecido pelo apelido "Mete Bala", foi preso em outubro de 2016. Ele também é suspeito de chefiar o tráfico da Grota do Surucucu, em São Francisco, zona sul de Niterói.
William foi morto em agosto de 2015 com três tiros na cabeça na região de Pendotiba, em Niterói. Ainda segundo as investigações da Polícia Civil, Rafaela teria mandado matar o marido para ficar com dois seguros de vida que William tinha, cada um no valor de R$ 1 milhão.
O G1 tenta contato com a defesa de Rafaela Damas Ribeiro dos Santos.

Por Paulo Henrique Cardoso, G1, Araruama
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE