1º Festival do Aipim movimenta economia do município de Casimiro

O público do Festival movimentou o município como um todo. 
Fotos: Divulgação / Arte ROJORNAL
S​​ucesso! Assim que os participantes e o público estão definindo o 1º Festival do Aipim de Casimiro de Abreu, realizado no último fim de semana (3 e 4 de junho). Durante os dois dias, a Praça Feliciano Sodré, no Centro, ficou repleta de famílias de moradores e visitantes que prestigiaram os agricultores e os produtos do município. Diante de um resultado tão positivo, a Prefeitura pretende incluir a data no calendário oficial de eventos da cidade.
O prefeito Paulo Dames  conta  que a realização de eventos, como o Festival do Aipim, é parte da estratégia deste governo para driblar as dificuldades econômicas que estamos enfrentando, realidade vivida também em várias cidades do estado. "O evento foi quase que totalmente patrocinado pelos comerciantes locais. O custo para a prefeitura foi mínimo. O público do Festival movimentou o município como um todo. Valorizamos o homem do campo, o que sempre foi a nossa intenção, e fazer com que o dinheiro circulasse, movimentando nossa economia", comentou Paulo Dames.
O Festival do Aipim também foi uma oportunidade para os produtores expandirem seus negócios.  Marinete da Conceição, produtora de aipim no assentamento Sebastião Lan, foi uma das 21 expositoras.  Ela foi contou que pessoas de outras cidades encomendaram seus produtos. 
 "Antes do festival, eu só vendia o que plantava. Preparei alguns pratos, como macarrão de aipim e acabei recebendo encomenda para outras cidades. Agradeço muito a prefeitura por ter aberto essa porta para os agricultores", declarou.
O Festival do Aipim também abriu as portas para artesãos do município que tiveram a chance de apresentar seus produtos. Além dos shows que animaram os dois dias de festa, teve apresentação de roda de capoeira, animação infantil e um workshop que ensinou um prato especial feito com a grande estrela da festa, o aipim. 
Quem esteve no local pôde experimentar uma grande variedade de pratos doces e salgados feitos a partir do aipim. Alguns dos mais inusitados foram o mocotó  e o brigadeiro de aipim. Os caldos também foram bastante procurados, especialmente na noite fria de sábado, dia 4.

O secretário de Agricultura Nilton de Paula explica que o aipim é a principal cultura plantada atualmente no município "Casimiro de Abreu tem solo e clima propício para a produção de aipim. O agronegócio é atualmente a terceira fonte de renda no município. Por isso, a intenção do governo é apoiar e valorizar o produtor rural", afirmou Nilton.
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE