Dois macacos são achados mortos no Parque Atalaia, em Macaé

O mutirão dos últimos dois dias foi formado por uma equipe
 da Fiocruz, do Estado do Rio, do Nupem, da Guarda Ambiental
e CCZ de Macaé, e do Parque Municipal Atalaia.
 Fotos: Ana Chaffin /Arte ROJO
Animais foram levados para a UFRJ para passar por exames; há suspeita de febre amarela.
Dois macacos bugios foram encontrados mortos no Parque Municipal Atalaia, em Macaé, no interior do Rio, nesta terça (11) e quarta-feira (12). Segundo a Prefeitura, as ossadas estavam em um raio de um quilômetro onde foram encontradas as carcaças anteriores. Os animais foram levados para o Núcleo em Ecologia e Desenvolvimento Ambiental (Nupem) para exames; há suspeita de febre amarela. Em 7 de abril, o exame confirmou a doença em um macaco achado no parque.
O mutirão dos últimos dois dias foi formado por uma equipe da Fiocruz, do Estado do Rio, do Nupem, da Guarda Ambiental e CCZ de Macaé, e do Parque Municipal Atalaia. Eles percorreram um parâmetro maior da mata.
Segundo explicou o zoólogo e professor do Nupem, Pablo Gonçalves, a análise dos ossos vai resultar em uma documentação que visa identificar os primatas afetados pela febre amarela, como idade e características.
“Podemos identificar qual parcela da população do bugio está mais suscetível. Há diferenças entre eles e podemos ver também, por meio da idade, qual parte da população é mais resistente. É um tipo de primata pouco estudado e esse levantamento é importante”, explica.

Por G1, Macaé
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

RIO DAS OSTRAS 25 ANOS

RIO DAS OSTRAS 25 ANOS

PATROCINADOR

PUBLICIDADE