Araruama: Prefeita e vice-prefeito são cassados pelo Tribunal Regional Eleitoral

Ainda de acordo com a sentença do TRE, novas eleições
 Municipais terão que acontecer no dia seguinte à publicação
caso a prefeita não recorra. Foto Divulgação
Decisão em 1ª instância, publicada na manhã da segunda (17), cabe recurso. Pedido de cassação aponta participação de ex-prefeito inelegível nos atos da Prefeitura.
O Tribunal Regional Eleitoral publicou a cassação da prefeita de Araruama, na Região dos Lagos do Rio, Lívia de Chiquinho (PDT), e do vice-prefeito Marcelo Amaral (PRB), na manhã desta segunda-feira (17). De acordo com o decreto, Lívia está inelegível durante quatro anos, a partir do momento da publicação. Ainda cabe recurso da decisão.
O TRE atendeu ao pedido de cassação após denúncias de que o ex-prefeito, atualmente inelegível, Francisco Ribeiro, marido da prefeita Livia de Chiquinho, teria função ativa na Prefeitura da cidade.
Ainda de acordo com a sentença do TRE, novas eleições municipais terão que acontecer no dia seguinte à publicação caso a prefeita não recorra.
Em nota, a Prefeitura de Araruama informou que a prefeita e o vice-prefeito vão recorrer da decisão e, enquanto isso, eles continuarão no cargo.

Por G1 Região dos Lagos
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE