Araruama: Prefeita e vice-prefeito são cassados pelo Tribunal Regional Eleitoral

Ainda de acordo com a sentença do TRE, novas eleições
 Municipais terão que acontecer no dia seguinte à publicação
caso a prefeita não recorra. Foto Divulgação
Decisão em 1ª instância, publicada na manhã da segunda (17), cabe recurso. Pedido de cassação aponta participação de ex-prefeito inelegível nos atos da Prefeitura.
O Tribunal Regional Eleitoral publicou a cassação da prefeita de Araruama, na Região dos Lagos do Rio, Lívia de Chiquinho (PDT), e do vice-prefeito Marcelo Amaral (PRB), na manhã desta segunda-feira (17). De acordo com o decreto, Lívia está inelegível durante quatro anos, a partir do momento da publicação. Ainda cabe recurso da decisão.
O TRE atendeu ao pedido de cassação após denúncias de que o ex-prefeito, atualmente inelegível, Francisco Ribeiro, marido da prefeita Livia de Chiquinho, teria função ativa na Prefeitura da cidade.
Ainda de acordo com a sentença do TRE, novas eleições municipais terão que acontecer no dia seguinte à publicação caso a prefeita não recorra.
Em nota, a Prefeitura de Araruama informou que a prefeita e o vice-prefeito vão recorrer da decisão e, enquanto isso, eles continuarão no cargo.

Por G1 Região dos Lagos
Postar no Google +

About Angel Morote

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

PUBLICIDADE

RIO DAS OSTRAS 25 ANOS

RIO DAS OSTRAS 25 ANOS

PATROCINADOR

PUBLICIDADE