terça-feira, 30 de junho de 2009

CIDADE RIO DAS OSTRAS

Moradores reclamam da falta de infraestrutura do bairro Enseada das Gaivotas

O bairro Enseada das Gaivotas, perto do centro de Rio das Ostras, possui casas com fino acabamento.
Mas a falta de infraestrutura na comunidade está afastando novos moradores e até os moradores antigos. As ruas não tem pavimentação. Nos dias de sol, muitos buracos e poeira. Quando chove, a água acumulada e a lama fazem aumentar os prejuízo. Os terrenos com mato alto também estão presentes em todos os pontos do bairro.
Além da falta iluminação pública, também falta água. Apesar da rede já ter sido instalada no bairro, as casas ainda não são abastecidadas. Segundo o subsecretário de obras de Rio das Ostras, Alan Ribeiro, a Cedae, empresa de abastecimento de água, está fazendo investimentos na captação e no tratamento de água.
Em relação a pavimentação, esgoto e drenagem o município já licitou obras na comunidade. E as obras já inicidas devem retornar no segundo semestre. A polícia militar informou que os índices de violência no bairro não são considerados altos.
Mesmo assim, a PM afirma que todos os dias uma viatura com 4 policiais faz o patrulhamento na Enseada das Gaivotas e bairros vizinhos, em horários alternados. Não há previsão para reforço da ronda.

Nova linha de transporte municipal em Rio das Ostras

A Secretaria de Ordem Pública e Controle Urbano criou linha e ampliou número de carros

A Secretaria de Ordem Pública e Controle Urbano de Rio das Ostras está promovendo uma ampliação no transporte público municipal. Nesta quarta-feira, dia 1ª, começa a circular a nova linha Parque Zabulão- Praiamar e mais carros passam a integrar a rota que atende a Cantagalo.

A linha Parque Zabulão- Praiamar atenderá também moradores da Enseada das Gaivotas, Balneário Remanso, Novo Rio das Ostras e a extensão da Rodovia Amaral Peixoto do trevo ao Cemitério. A princípio serão 20 carros que circularão das 5h30 à meia-noite. Já a linha de Cantagalo, que possuía 25 veículos, passa a ter 40, fazendo o itinerário do posto da Polícia Rodoviária Estadual (BPRV) na divisa com Barra de São João até Cantagalo, passando pela BPRV na divisa com Macaé.

Além de beneficiar a população que utiliza o transporte público, a medida também tem o objetivo de absorver temporariamente parte dos motoristas que trabalhavam nas vans intermunicipais e, que após a determinação do Departamento de Transportes Rodoviários do estado (Detro), ficaram desempregados.

“Estamos criando alternativas para que a população que utilizava essas vans para se deslocar dentro do município e para cidades vizinhas não seja muito prejudicada. Já conversamos com responsáveis pelo transporte nos cidade vizinhas e estamos buscando meios dentro das nossas possibilidades, já que não podemos descumprir as exigências do Detro”, esclareceu Ten.Cel.Sérgio Pinto, secretário Ordem Pública e Controle Urbano.

Rio das Ostras faz parceria com a Caixa Econômica para oferecer empréstimo para reforma de imóveis
Na próxima semana, prefeito Carlos Augusto recebe representantes do banco para oficializar a nova parceria.
Os moradores de Rio das Ostras que tiveram seus imóveis regularizados vão, agora, poder reformá-los. O benefício é resultado de uma parceria da Prefeitura de Rio das Ostras com a Caixa Econômica Federal. Pelo acordo, os contemplados pelo Programa de Regularização Fundiária do município poderão obter empréstimo a juros baixos para obras de reforma em suas casas. Na próxima semana, o prefeito Carlos Augusto vai se reunir com representantes do banco para oficializar a parceria.
O empréstimo terá o valor máximo de R$ 25 mil, com prazo de pagamento de até 10 anos. Os juros são variáveis de 5% a 8% ao ano, de acordo com a renda familiar.
A princípio serão beneficiadas as 140 famílias que já receberam as escrituras definitivas de seus imóveis. O cadastro do Programa está sendo realizado em etapas – já estão cadastradas 881 famílias no bairro Nova Esperança, 495, no Liberdade, e 127, em Nova Cidade.
Regularização em toda cidade – O programa de Regularização Fundiária criado pela Prefeitura de Rio das Ostras visa garantir o direito à moradia legal, de forma que os munícipes possam obter a titulação de seus imóveis. O município estima que 30 mil famílias riostrenses sejam beneficiadas pelo Programa de Regularização Fundiária, em uma iniciativa pioneira de Rio das Ostras em prol do direito à moradia legal.
Com o advento da Medida Provisória No 459, de 2009, da Casa Civil, foi ampliada a possibilidade do programa estender-se a todo o município, por meio do Instituto de Demarcação Urbanística.
Rio das Ostras tem novo sistema de coleta de lixo
Novos horários e roteiros de coleta começam a valer a partir de 15 de julho
Para aumentar a eficiência da coleta de lixo domiciliar e reduzir o impacto ambiental, a Prefeitura de Rio das Ostras reordenou os dias, horários e rotas de recolhimento de resíduos na cidade. As mudanças começam a valer a partir do dia 15 de julho e todos os moradores deverão saber como e quando depositar seu lixo para recolhimento, evitando multas.
Pelo novo sistema, a cidade foi dividida em setores e foram estabelecidas 20 rotas de recolhimento de lixo. Com isso, a coleta passa a ser feita, em cada local, em dias alternados – diferente do processo atual, que é diário.
Segundo o secretário de Meio Ambiente, Max José de Almeida, a reorganização da coleta agiliza o serviço e ainda otimiza os gastos dos recursos públicos. “A alternância dos dias de coleta também evita o impacto ambiental causado pelo depósito diário de toneladas de lixo nas ruas”, explica o secretário.
Os moradores devem conhecer e respeitar os novos horários, listados abaixo. Também estarão disponíveis nas associações de moradores e no comércio local. Os horários e roteiros de coleta podem ainda ser obtidos na Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca, na Rua Jorge Ulrik, 251, em Costazul ou pelo telefone 2760-0005.

Inscrições para Garota DB 2009 estão abertas em Rio das Ostras

Escolha acontece no dia 6 de agosto, às 20h, no Teatro Popular

Estão abertas as inscrições para o Concurso Garota DB 2009, que acontece no dia 6 de agosto, às 20h, no Teatro Popular em Rio das Ostras. As inscrições podem ser feitas na DB Foto e Produção, na Alameda Carlos Lacerda, nº 5.460, Centro, ao lado do Shopping do Lar. O valor da inscrição é R$ 50 e a candidata terá direito a uma foto 20 x 30. O evento tem o apoio da Prefeitura de Rio das Ostras.

Entre os critérios estabelecidos para a escolha estão beleza, simpatia e fotogenia. A vencedora do concurso terá um contrato de exclusividade de um ano com a DB e um book com 60 fotos. A segunda colocada terá um book com 50 fotos e a terceira colocada um book com 25 fotos.

NOTICIAS REGIÃO
Prefeitura garante saúde bucal para população de Casimiro de Abreu
Neste mês a Secretaria de Saúde viabilizará algumas novidades para beneficiar ainda mais a população de Casimiro de Abreu: a contratação de um odontopediatra (dentista especialista em tratamento com crianças) e a colocação de prótese dentária, através do Centro de Especialidades Odontológicas, que funciona por conta de uma parceria entre o Governo Municipal e Governo Federal.
Segundo a coordenadora do CEO, Débora Motta, serão oferecidas 10 próteses dentárias por mês, sem qualquer custo para o interessado, e a disponibilidade de um profissional específico para atendimento infantil facilitará ainda mais a agilidade nos serviços oferecidos pelo Centro.
O Centro de Especialidades Odontológicas tem uma equipe de dentistas especialistas em ortodontia (correção dentária – colocação de aparelho), periodontia (tratamento de gengiva), endodontia (tratamento de canal), bucomaxilo (cirurgias, extração), e ainda um profissional específico para atendimento de pessoas portadoras de necessidades especiais. Cerca de 500 atendimentos são realizados por mês.
Para se dar uma idéia da importância de serviços como estes viabilizados gratuitamente pela Secretaria Municipal de Saúde, um canal na rede particular custa em média R$ 600. No CEO todo o tratamento é de graça, incluindo a manutenção, quando um paciente coloca aparelho para a correção dos dentes.
É válido ressaltar que antes do tratamento especializado, a comunidade tem a disposição a saúde básica bucal. Esse programa é oferecido em 10 postos da Estratégia Saúde da Família existentes no município. Todos eles possuem um consultório dentário, onde tratamentos básicos como os de limpeza, obturação e extração são realizados.
“É fundamental que o primeiro atendimento aconteça em um destes postos. A partir da avaliação feita pelos dentistas da saúde básica, os pacientes podem ser encaminhados para um tratamento mais especializado, oferecido no CEO”, informou a subsecretária de Saúde, Magna Miranda.
Para os interessados em cuidar da saúde bucal é necessário procurar uma das unidades da ESF para agendar uma consulta.
Prefeitura fará parceria com Estado para gerenciar Hospital de Barra de São João
O prefeito de Casimiro de Abreu, Antônio Marcos de Lemos Machado, esteve com o secretário de Estado de Saúde no último dia 18 para definir as diretrizes para o Hospital Regional de Barra de São João, que pertence ao Governo do Estado.
O prefeito declarou que o entendimento foi a criação de um consórcio entre Casimiro de Abreu, Cabo Frio, Rio das Ostras e o Estado para gerenciar a unidade hospitalar e transformá-la em um policlínica com especialidade a ser definida de acordo com os anseios da população.
A primeira medida para a formalização da parceria, segundo ele, é a formação de uma comissão das duas esferas para apurar as principais necessidades do Hospital Regional.
Antônio Marcos informou que a Secretaria de Estado de Saúde se comprometeu em construir , em curto prazo, uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no distrito Tamoios, de Cabo Frio.
No mais, o prefeito anunciou a compra de duas ambulâncias, sendo uma para ficar a disposição 24 horas para fazer o resgate de vítimas de acidentes na Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106), no distrito Barra de São João.
Antônio disse ainda que a Prefeitura cederá um espaço para a instalação de um batalhão para o Corpo de Bombeiros, que auxiliará no apoio aos resgates e fará também atendimentos especializados.
Estiveram presentes à reunião com o secretário Sérgio Côrtes o vice-prefeito de Casimiro de Abreu, Heleno Ribeiro, o presidente da Câmara de Vereadores, João Medeiros e o prefeito de Cabo Frio, Marquinhos Mendes.
O prefeito Antônio Marcos e o secretário de Saúde de Casimiro, Evaldo Scarpini já se reuniram com o atual diretor geral do Hospital Regional de Barra de São João, o médico Ronaldo Monte Santo, para estreitar o diálogo entre município e Estado a fim de acelerar o pleno funcionamento da unidade hospitalar e beneficiar a população.
É válido ressaltar que a Prefeitura mantém o Hospital Municipal Casimiro de Abreu com todas as especialidades médicas e proporciona atendimentos de emergência e ambulatoriais com qualidade e eficácia.
Ainda sobre resgate, uma estudante, moradora de Barra de São João, foi atropelada na Avenida Amaral Peixoto coincidentemente um dia antes de o prefeito Antônio Marcos se reunir com o secretário de Estado para cobrar providências para o Hospital Regional. A vítima esperou por socorro por mais de uma hora e faleceu dois dias após o acidente.
Antônio Marcos, o vice-prefeito de Casimiro de Abreu e o presidente da Câmara de Vereadores estiveram com os pais da estudante para prestar solidariedade e informar sobre as providências que o Poder Executivo e Legislativo estão tomando para mudar a situação da saúde no distrito.
Prosseguem obras dos laboratórios na Cidade Universitária
A prefeitura de Macaé continua as obras de construção dos laboratórios dos cursos de Química e Farmácia da Cidade Universitária.
As instalações vão atender provisoriamente aos cursos de graduação até que sejam concluídas as obras dos dois novos prédios do complexo, que devem começar ainda este ano. Também estão sendo construídos um pórtico e uma guarita, para a segurança de todo o local.
A obra acontece em parceria entre o município e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Está previsto também o início da construção dos laboratórios dos cursos de Medicina, Enfermagem e Obstetrícia, Nutrição e Biologia, que ficarão situados ao lado da Cidade Universitária. A secretária municipal de Educação e vice-prefeita, Marilena Garcia, acompanha a construção dos laboratórios, juntamente com a equipe da secretaria de Educação e coordenadores e representantes dos Institutos dos cursos sediados em Macaé. Segundo a secretária, os laboratórios servirão aos alunos de todos os cursos existentes, tornando possível centralizar todas as atividades que antes eram realizadas fora do campus universitário. As obras do laboratório, do pórtico e da guarita estão sob a responsabilidade da Construtora M. Alves e estão orçadas em R$ 895.685,25. Atualmente, a Cidade Universitária, é composta por dois prédios que incluem setor administrativo e outro com 30 salas de aula.
Saúde: Programa DST/HIV/AIDS participa do 13º Educaids
A equipe do Programa Municipal DST/HIV/AIDS da secretaria de Saúde de Macaé, participa a partir desta quarta-feira (1) do 13º Educaids, no Centro de Convenções Frei Caneca, São Paulo.
Com o tema “Da Violência à Solidariedade”, o evento é voltado para educadores e profissionais de saúde que trabalham com a prevenção da doença. O objetivo é mobilizar educadores de todo o país no apoio a uma política de Educação Preventiva. O Educaids prossegue até sábado (4).
O Educaids visa estimular e valorizar iniciativas de projetos e metodologias desenvolvidas por educadores, nas escolas e comunidades, que abordam assuntos sobre gravidez não planejada, sexualidade precoce e condições sociais desfavoráveis, comentou a coordenadora do Programa DST/HIV/AIDS, Vera Andrade. Segundo o secretário de Saúde, Eduardo Cardoso, a participação dos educadores e profissionais de saúde no Educaids tem como objetivo qualificar as ações de prevenção e controle da epidemia de AIDS e DST. “O profissional que busca sempre a qualificação, amplia o acesso da população à informação, à educação e prevenção à Aids”, ressaltou Eduardo Cardoso. O tema desta edição,discute a violência do preconceito que rotula portadores do HIV e seus familiares e que atingem os idosos e os jovens. O evento conta com palestras, debates, painéis sobre violência, sexualidade e DST.
Equipe do Meio Ambiente resgata tartaruga marinha em extinção
Uma equipe da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semmaurb) de Macaé resgatou esta semana uma tartaruga marinha da espécie Cabeçuda.
De acordo com informações da bióloga do setor de Fauna da Secretaria, Carmem Daumas, o animal recebeu os primeiros socorros e foi encaminhado na tarde desta segunda-feira (29), para o Protejo Tamar da Petrobras, localizado na cidade de Campos dos Goytacazes.
Ela conta que o animal era jovem e media em torno de 25 centímetros. A tartaruga estava bastante debilitada quando chegou à secretaria. A tartaruga cabeçuda está em extinção e ela poderá crescer até um metro de diâmetro. Ela deve ser preservada para garantir que novas tartaruguinhas nasçam- acrescentou. A bióloga diz ainda que é muito importante a participação da sociedade, quando encontrar um animal, principalmente se ele estiver na lista de espécies em extinção.Quem encontrar um animal, pode entrar em contato com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo, pelo telefone: (22) 2762-4802, setor de Fauna. A tartaruga Cabeçuda é a que ocorre em maior número no Brasil e a que faz o maior número de desovas em nossas praias, tem a cabeça proporcionalmente maior do que as outras espécies, chegando a medir 25 centímetros e é também chamada de tartaruga mestiça. Seu dorso é marrom e o ventre é amarelado. A carapaça tem medida curvilínea média de 110 centímetros de comprimento e o peso médio do animal é de 150 kg, embora alguns exemplares cheguem a 250 quilos. A carapaça possui 5 pares de placas laterais, sendo que as placas são justapostas, a coloração é marrom-amarelada, a cabeça possui 2 pares de placas (ou escudos) pré-frontais e o tamanho é grande e relativamente desproporcional ao corpo. Esta espécie é onívora, podendo se alimentar de crustáceos, principalmente camarões, moluscos, águas-vivas, hidrozoários, ovos de peixes e algas. Habitam normalmente profundidades rasas até cerca de 20 m. Existem registros de mergulhos até cerca de 230 m de profundidade. Suas mandíbulas poderosas lhe permitem triturar as conchas e carapaças de moluscos e crustáceos.

segunda-feira, 29 de junho de 2009

CIDADE RIO DAS OSTRAS

Homem é assassinado no bairro Jardim Mariléia

Um homem foi assassinado na porta de um bar no início da noite de ontem no bairro Jardim Mariléia, em Rio das Ostras. Segundo testemunhas, Alessandro Lírio, de 29 anos, foi executado por um homem que passava pelo local de bicicleta e acertou a vítima a queima-roupa. O corpo de Alessandro continua no IML de Macaé. A polícia não descarta a hipótese de vingança.
NOTICIAS REGIÃO
Conferência de Educação reúne massa de profissionais em Casimiro
Construindo o Sistema Nacional Articulado de Educação: O Plano Nacional de Educação, Diretrizes e Estratégias de Ação.
Este foi o tema proposto pelo Ministério da Educação rumo a Conferência Nacional de Educação e que reuniu, durante a Conferência Municipal de Educação, cerca de 300 pessoas, a maioria profissionais de educação. A reunião foi realizada na última segunda-feira, dia 22, no CIEP 459 José Bicudo Jardim.
Participaram da abertura oficial o prefeito Antônio Marcos de Lemos Machado, a secretária de Educação, Maria Inês Ávila e a professora Eronei Leite, coordenadora do Núcleo de Educação da Secretaria Municipal de Macaé.
O prefeito de Casimiro de Abreu fez uma avaliação da educação no município e defendeu melhorias, sobretudo salariais. Ele acredita que a Conferência fortalecerá o movimento organizado em prol de benefícios aos educadores.
Os eixos temáticos O papel do Estado na garantia do direito à educação de qualidade: organização e regulação da educação nacional; Qualidade da educação, gestão democrática e avaliação; Democratização do acesso, permanência e sucesso escolar; Formação e valorização dos profissionais de educação; Financiamento da educação e controle social; Justiça social, educação e trabalho: inclusão, diversidade e igualdade, foram abordados pelos participantes, que se dividiram em seis grupos e foram coordenados por convidados pela Secretaria Municipal de Educação.
Um dos coordenadores, o professor Diego Chabalgoity, do Colégio Estadual Casimiro de Abreu, avalia que a reunião foi a maneira mais democrática de a classe docente se expressar. Para ele, o empenho da equipe técnica da Secretaria Municipal de Educação de Casimiro de Abreu foi determinante para a realização da Conferência.
As propostas finalizadas na Conferência Municipal, depois de serem discutidas na Conferência Intermunicipal, prevista para o segundo semestre em Macaé, serão levadas para a Conferência Estadual, ainda em 2009, e depois para a Conferência Nacional, que acontece em abril do ano que vem, quando será firmado o documento final. O objetivo é possibilitar que toda a sociedade possa expressar sua opinião e construir coletivamente os rumos para a educação no País.
Estiveram presentes à Conferência Municipal de Educação, secretários e vereadores.
COMUNICADO Nº 06/2009 - Curso de Guarda Municipal
Da Secretaria de Administração
Para Candidatos aptos aprovados no Concurso 01/2008, Guarda Municipal
ASSUNTO:
Curso de Guarda Municipal
A Secretaria de Administração comunica que estará convocando, através dos meios previstos em edital, os 144 candidatos aprovados e aptos ao Curso de Formação da Guarda Municipal, última etapa do Concurso 01/2008.
Os candidatos aptos e aprovados na prova de aptidão até o 144º lugar deverão comparecer na sede da Prefeitura de Casimiro de Abreu no dia 06 de julho às 10:00 horas, munidos de documentos de identificação.
A listagem poderá ser adquirida no site da Prefeitura no endereço www.casimiro.rj.gov.br/concurso.php
Casimiro de Abreu, 26 de junho de 2009
Eliezer Crispim Pinto
Secretário de Administração
Prefeito defende movimento nacional de defesa dos royalties
CAMPOS – O prefeito Riverton Mussi defendeu nesta sexta-feira (26), durante reunião da Organização dos Municípios Produtores de Petróleo (Ompetro), em Campos, a criação de um movimento nacional em defesa dos cerca de 800 municípios produtores de petróleo, minério, e outras matrizes energéticas. O objetivo é fortalecer politicamente as lutas das cidades produtoras para barrar as Propostas de Emenda à Constituição (PECs) que tramitam no Congresso, pedindo a alteração da Lei do Petróleo.
Esse é o momento exato de nos unir, não podemos perder tempo. Já percorri diversos estados brasileiros para a formação de entidades semelhantes à Ompetro, como o Espírito Santo e o Rio Grande do Norte e agora o momento é oportuno para a união de forças – destacou o prefeito. Riverton também propôs a discussão para a reativação dos campos maduros da Bacia de Campos. O prefeito estava acompanhado do presidente da Câmara Permanente de Gestão, Romulo Campos e dos secretários de Desenvolvimento Econômico, Cliton da Silva Santos e Meio Ambiente, Maxwell Vaz. O prefeito de Macaé, a chefe do Executivo de Campos e presidente da Ompetro, Rosinha Matheus e os prefeitos de Quissamã, Armando Carneiro e Casimiro de Abreu, Antonio Marcos de Lemos, assinaram carta para ser entregue dia primeiro de julho, em Brasília (D.F.) ao Ministro de Minas e Energia, Edson Lobão – que vai encaminhar para o Congresso as propostas das novas diretrizes da política energética nacional depois do pré-sal. Na carta, a Ompetro propõe que o Governo Federal aumente os valores do bônus-assinatura, fixados por ocasião dos leilões pela Agência Nacional de Petróleo (ANP) ou as alíquotas de participações especiais atualmente previstas, o que pode ser feito apenas alterando o decreto federal 2705/98, através do artigo 21. - Vamos fazer essa proposta de aumentar o bônus-assinatura ao ministro Lobão, pedindo a não alteração da atual Lei do Petróleo e caso o governo tenha a posição fechada, vamos questionar por que está sendo discutido apenas o petróleo e não outros bens naturais. Vamos a Brasília entregar a carta ao ministro e solicitar apoio de deputados de estados produtores – afirmou a presidente da Ompetro. O prefeito Riverton Mussi destacou a importância da Ompetro travar diálogo com os municípios produtores de todo o país e as entidades representativas dos interesses desses municípios. “Existem várias entidades, como a Associação Nacional dos Municípios Produtores, a Anamup, e a Associação Brasileira dos Municípios com Terminais Marítimos, Terrestres e Fluviais para Embarque e Desembarque de Petróleo e Gás Natural, a Abramt, que defendem a causa dos municípios produtores que devem somar às lutas da Ompetro”, comentou. Prefeitos se mobilizam para evitar perdas que podem chegar a 80% dos royalties no Rio Caso os 14 projetos que propõem a alteração da Lei do Petróleo sejam aprovados pelo Congresso, o Estado do Rio pode perder 80% da compensação financeira – o Senado decidiu agrupar todas propostas para tramitar conjuntamente. O projeto mais temido é o da senadora Ideli Salvatti, que propõe a redução dos royalties excedentes a 5 % em praticamente dois terços, passando de 22,5% para 7,5% o repasse dos royalties. “Em Macaé, os royalties representam 40% do orçamento, antes esse percentual era bem maior, mas essa compensação financeira, que é uma indenização e não benefício, é fundamental para a realização de obras de infraestrutura” comentou Riverton. O repasse atual dos royalties da lei em vigência determina que 22,5% da compensação seja repassada para Estados confrontantes com campos produtores; 22,5% para municípios confrontantes com campos produtores; 7,5% para municípios afetados por operações de embarque e desembarque, 25% para o Ministério de Ciência e Tecnologia, 7,5% para o Fundo Especial e 15% para o Comando da Marinha. Pela proposta da senadora, a divisão seria: 7,5% para estados confrontantes com poços produtores; 7,5% para municípios confrontantes com poços produtores; 10% para municípios com instalações de embarque e desembarque; 15% para forças armadas; 17,5% para Ministério da Educação; 17,5% para o Ministério da Previdência Social; 25% para integralização do Fundo Especial. A senadora vai mais longe e propõe uma mudança na lógica de longitude e latitude de cada território. Somos contra a alteração da Lei dos Royalties porque arcamos com uma demanda social grande provocada pelo arranjo do petróleo, como a urbanização de novos bairros, construção de moradias populares, novas escolas e aumento da rede de saúde – disse o prefeito. Os prefeitos da Ompetro também comentaram que é importante contrapor os argumentos das PECs no questionamento sobre a mudança na taxação do ICMS cobrado sobre o petróleo, já que este é taxado no destino e não na origem com todos os outros produtos. Macaé: royalties custem obras de infraestrutura O prefeito Riverton Mussi exemplificou alguns investimentos feitos em Macaé com a verba dos royalties: Programa Água Limpa, de macrodrenagem, cuja primeira fase recebe investimento de R$ 60 milhões; infra-estrutura do Lagomar, construção da Cidade Universitária, Avenida Industrial – em andamento -, recuperação de ruas do Centro, Bairro Feliz em diversos bairros, reforma do antigo Hospital do Sase, que será o Hospital da Mulher, a contrapartida do município no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Nova Esperança, a construção da Unidade de Emergências Pediátricas e de 200 salas de aula; drenagem de águas pluviais em diversos bairros, construção da Delegacia Legal, da ETE Mutum, do Hospital Psiquiátrico, abertura e recuperação de estradas vicinais, revitalização de praças em todos os distritos, saneamento básico, construção de casas populares, entre outros. Entenda o cálculo do repasse dos royalties Os royalties incidem sobre a produção mensal do campo produtor. O valor a ser pago pelos concessionários é obtido multiplicando-se três fatores: a alíquota dos royalties do campo produtor, que pode variar de 5% a 10%; a produção mensal de petróleo e gás natural produzidos pelo campo; e o preço de referência destes hidrocarbonetos no mês, como determinam os artigos 7º e 8º do Decreto nº 2.705/98, que regulamentou a Lei nº 9.478/97, a Lei do Petróleo.
Caminhada encerra Segunda Semana de Prevenção Integral às Drogas
A Segunda Semana de Prevenção Integral às Drogas foi encerrada nesta sexta-feira (26) com a décima Caminhada Contra as Drogas.
A caminhada saiu no final da tarde da Praça Veríssimo de Melo, passando pelo calçadão da Avenida Rui Barbosa, Rua Teixeira de Gouveia e retornando à praça, finalizando o percurso.
Durante toda semana, foi realizado um trabalho de orientações da subsecretaria Municipal de Políticas sobre Drogas, com estandes das instituições de apoio, como o Conselho Municipal Anti-Drogas, Prevenção Primária, Gênese, entre outras entidades. Segundo Zoraia Braz, coordenadora do Núcleo de Prevenção Primária e responsável pela organização da Semana de Prevenção, a participação da população foi bastante positiva. Passaram pelos estandes cerca de mil pessoas. Foi muito proveitoso. Os visitantes mostraram interesse e muitos encontraram respostas para seus problemas, através das orientações passadas pelas entidades presentes. E depois de orientados, foram encaminhados para os serviços apropriados para cada caso, disse Zoraia.
NOTICIAS BRASIL / MUNDO

Comboio de motoristas de vans complica o trânsito no Rio

Há retenções na Avenida Brasil. PM está de prontidão.

O comboio de motoristas de vans que segue na manhã desta segunda-feira (29) para um novo protesto complica o trânsito na Avenida Brasil e em outros pontos da cidade.

Eles reclamam das novas exigências do governo para o cadastramento de transporte alternativo.

Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Rio), há vários veículos concentrados no Gasômetro e na Rodovia Washington Luís.

Na Avenida Brasil, há lentidão na altura do Trevo das Margaridas até o Caju. Os veículos trafegam em baixa velocidade, o que ajuda a engarrafar ainda mais o trânsito. Também há retenções na Linha Vermelha.

Segundo o major Oderlei, que trabalha na Relações Públicas da Polícia Militar, a polícia está em alguns pontos para reprimir qualquer possível irregularidade. O Batalhão de Choque também está de prontidão se houver necessidade de intervir.

Logo cedo, a Rodovia Presidente Dutra tinha 6 km de engarrafamento. Grande parte do congestionamento era causado pela passagem de vans na rodovia.

No dia 23, os motoristas de vans se reuniram em frente ao Palácio Guanabara. Houve tumulto.

Novas exigências

O protesto na semana passada foi contra as novas exigências do governo para o cadastramento de transporte alternativo. Segundo os manifestantes, o edital de licitação reduziu o número de autorizações de 8.805 para 641. Apenas um terço da antiga frota poderá circular no estado do Rio. O contrato limita, ainda, o número de permissões a 66 motoristas da Costa Verde e da Região dos Lagos.

Dois presos

No dia 23, um confronto entre policiais e manifestantes acabou com duas pessoas presas, uma delas feridas, em frente ao Palácio Guanabara, sede do governo do Rio, em Laranjeiras, na Zona Sul.

Eles protestavam contra as novas exigências do governo para o cadastramento de transporte alternativo.

"Por volta das 9h, eles descumpriram as ordens dos comandantes aqui presentes e fecharam a pista (da Rua Pinheiro Machado). A polícia interveio e eles jogaram pedras, cabeça de nego (um tipo de bomba artesanal) e batatas com pregos nos policiais", disse o comandante- geral da PM Gilson Pitta. Segundo ele, 250 agentes reforçaram o polciamento no local. A polícia usou bombas de gás lacrimogêneo e balas de borracha.

Nota do Detro

Em nota, o Detro Departamento de Transportes Rodoviários (Detro) lamentou os transtornos causados pela manifestação e explicou que "para a elaboração do edital de licitação para o transporte complementar, representantes da categoria foram ouvidos e contemplados em muitas de suas solicitações".

O Detro informou, ainda, que "o processo licitatório para o transporte é previsto na Constituição e, no estado do Rio atende a uma exigência do Ministério Público. Até julho, o departamento espera concluir todos os lotes desta primeira etapa, incluindo a Região Metropolitana, lembrando que o decreto do governador Sérgio Cabral prevê a realização de novas concorrências em localidades e trajetos que apresentarem, na prática, demanda para tal".

Prefeito de cidade gaúcha decreta emergência devido à nova gripe

Aulas foram suspensas em Itaqui, a partir desta segunda. Foi o segundo município do estado a tomar esta medida.

A Prefeitura de Itaqui (RS) decretou situação de emergência devido à nova gripe. Segundo decreto publicado no "Diário Oficial" do município, nesta segunda-feira (29), as aulas estão suspensas nas escolas públicas e privadas por dez dias. A administração municipal diz que há dois casos suspeitos da doença na cidade. São dois estudantes.

O decreto, assinado pelo prefeito Gil Marques Filho, informa que a medida foi tomada considerando a proximidade da fronteira com a Argentina, que já registrou casos e óbitos causados pela doença, a chegada de inverno e a necessidade de proteção de idosos e crianças, entre outros motivos.

Apesar de não constar no texto oficial, a prefeitura também aconselha a suspensão de eventos com aglomeração de pessoas nos próximos dez dias.

Itaqui, que tem mais de 36 mil habitantes, foi o segundo município gaúcho a decretar emergência por causa da nova gripe. Na semana passada, a Prefeitura de São Gabriel tomou a mesma providência.

Morte

O estado registrou a primeira morte de um paciente com nova gripe no país. Um caminhoneiro de 29 anos morreu no domingo (28). Ele era de Erechim, contraiu a doença na Argentina e estava internado em Passo Fundo.

Também no Rio Grande do Sul, uma paciente de São Gabriel com diagnóstico positivo permanece internada. E a Secretaria Estadual de Saúde aguarda o resultado de exames sobre as causas da morte de um engenheiro norte-americano. Ele viajava a trabalho, teria apresentado sintomas semelhantes aos da nova gripe e morreu em Montenegro, na sexta-feira (29). O governo gaúcho diz que as análises iniciais "indicam que a morte se deu em decorrência de um problema bacteriano". Mas o laudo conclusivo ainda não foi divulgado.

No domingo, o Ministério da Saúde informou que foram confirmados 627 casos da doença no país. Desse total, 40 são do Rio Grande do Sul.

Brasil não reconhecerá o novo governo em Honduras, diz Lula

Manuel Zelaya foi destituído após propor plebiscito sobre reeleição. Presidente do Parlamento foi empossado como novo presidente.

O presidente Lula declarou nesta segunda-feira (29), em seu programa semanal “Café com o presidente”, que o Brasil não vai reconhecer um novo governo em Honduras.

Neste domingo, o presidente do país centro-americano, Manuel Zelaya, foi destituído do governo após um enfrentamento com outros poderes do país ao propor uma consulta sobre um plebiscito que decidiria sobre uma mudança na Constituição.

“Nós não podemos aceitar ou reconhecer qualquer outro governo que não seja o presidente Zelaya (...) não podemos aceitar que alguém veja alguma saída para o seu país fora da democracia, fora da eleição livre e direta. Portanto, ele deve retornar à Presidência. É a única condição para que a gente possa estabelecer relações com Honduras”, disse Lula.

Neste domingo, o governo brasileiro já havia condenado “de forma veemente" o golpe de Estado em Honduras que tirou o presidente Manuel Zelaya do poder. "Ações militares desse tipo configuram atentado à democracia e não condizem com o desenvolvimento político da região", disse o Ministério das Relações Exteriores em seu site. "Eventuais questões de ordem constitucional devem ser resolvidas de forma pacífica, pelo diálogo e no marco da institucionalidade democrática", dizia a nota.

O presidente de Honduras foi detido em sua residência na manhã de domingo, levado à base da Força Aérea e retirado do país em um voo para a Costa Rica. A ação militar aconteceu em um dia no qual estava prevista a realização de uma consulta sobre a convocação de uma Assembleia Constituinte, declarada ilegal pela Justiça hondurenha.

O Poder Judiciário de Honduras respaldou a ação das Forças Armadas do país de deter e deportar o presidente, segundo um comunicado divulgado pela imprensa local.

"Se a origem das ações do dia de hoje estava baseada em uma ordem judicial emitida por um juiz competente, sua execução está dentro dos preceitos legais", diz o comunicado.

Novo presidente

Ainda no domingo, o presidente do Parlamento, Roberto Micheletti, foi empossado como novo presidente de Honduras. O novo chefe de Estado assegurou que não chega ao cargo "sob a desonra de um golpe de Estado".

"Chego à Presidência como produto de um processo de transição absolutamente legal", afirmou Micheletti, agora ex-presidente do Congresso, durante o ato de juramento em uma sessão extraordinária no Parlamento.

A primeira medida do novo presidente foi decretar toque de recolher de 48 horas. O ato está vigente entre domingo (28) e segunda-feira (29) das 21h às 6h (de 0h a 9h de Brasília). Ele afirmou que analisará se a medida, que deve ser ratificada pelo Parlamento, vai se estender por mais tempo.

Micheletti assegurou que receberia "com muito gosto" o deposto Zelaya se ele então desejar retornar, mas sem o apoio do governante da Venezuela, Hugo Chávez. "Acho que se ele então deseja retornar ao país (...) sem apoio de Hugo Chávez, nós, com muito gosto, vamos recebê-lo de braços abertos", disse Micheletti na entrevista coletiva.

Chávez expressou seu respaldo a Zelaya, quem em 2008 aderiu Honduras à Aliança Bolivariana para as Américas (Alba), iniciativa do governante venezuelano integrada também por Cuba, Nicarágua, Dominica e Equador, entre outros países. Reunião de emergência da Alba, com a participação de Zelaya, buscou na madrugada desta segunda-feira soluções para a crise.

O presidente da Venezuela chegou a acenar com uma intervenção militar para recolocar Zelaya no poder.

Um decreto aprovado pelo plenário do Parlamento por unanimidade em uma sessão extraordinária estabelece que Micheletti, do governante Partido Liberal, ficará no cargo "pelo tempo restante" do mandato correspondente a Zelaya, que deveria terminar em 27 de janeiro de 2010, de acordo com a Constituição.

Chanceler

A chanceler de Honduras, Patricia Isabel Rodas, chegou na madruga desta segunda no México, segundo a chancelaria mexicana. Ela deixou o país em consequência do golpe contra Zelaya.

Repercussão

A Comissão Europeia (órgão executivo da União Europeia) pediu que "todas as partes envolvidas" na crise hondurenha iniciem "rapidamente" um diálogo, a fim de "resolver suas diferenças de maneira pacífica, com total respeito ao marco legal do país". "A Comissão Europeia concede a maior importância ao respeito ao estado de direito, à democracia e às instituições democraticamente escolhidas", afirmou, em comunicado, a comissária de Relações Exteriores da União Europeia (UE), Benita Ferrero-Waldner, que "lamentou" os recentes eventos.

Kirchner reconhece derrota do governo nas eleições legislativas

Governo foi derrotado nas principais províncias da Argentina. Em discurso, ex-presidente tentou minimizar o revés.

O ex-presidente Néstor Kirchner reconheceu nesta segunda-feira (29) sua derrota nas eleições legislativas frente ao opositor Francisco de Narváez em Buenos Aires e minimizou o impacto do revés generalizado sofrido pelo governo.

Recebido pelo governador da província de Buenos Aires, Daniel Scioli, Kirchner rompeu o silêncio e compareceu oito horas depois do fechamento das urnas perante centenas de simpatizantes reunidos no hotel onde o governo organizou seu "quartel-general".

"Perdemos por muito pouquinho, lutamos com toda dignidade em Buenos Aires", comentou o ex-presidente, que evitou fazer uma avaliação sobre a derrota generalizada do governo nos principais distritos do país e a perda da maioria parlamentar. Ele limitou-se a comentar que responde ao jogo democrático.

"Com o quadro nacional que temos ficará a responsabilidade de dar aos argentinos a tranquilidade e serenidade que precisam. [...] Vamos aprofundar a institucionalidade, aprofundar a governabilidade", comentou Kirchner.

"Estamos em caminho para recuperar a iniciativa, a governabilidade e construir, com muita força. Estamos absolutamente preparados para continuar trabalhando", insistiu. Néstor Kirchner pensou as eleições como um plebiscito ao modelo estatista e pró indústria que implantou ao lado da mulher desde 2003.

Adversários

Antes de Kirchner reconhecer a derrota, o peronista dissidente Francisco de Narváez e o prefeito de Buenos Aires, Mauricio Macri, aliados na coalizão que se impôs ao governo nos dois principais distritos eleitorais da Argentina, já haviam se declarado vencedores do pleito legislativo e pediram ao governo diálogo e conciliação. Com 47% dos votos apurados na província de Buenos Aires, primeiro distrito eleitoral do país, De Narváez surge com 34,7% contra 32,1% obtido pelo ex-presidente Néstor Kirchner. O candidato da aliança União-PRO considerou que seu triunfo na província de Buenos Aires, tradicional reduto peronista, "virou a página da história". "Dissemos que um dia íamos mudar a história. Este é o dia", disse De Narváez ao falar no escritório da coalizão conservadora.O empresário, nascido na Colômbia e naturalizado argentino, sustentou também que a força de União-PRO derrotou "a velha e a má política" e ressaltou que a escolha "está definida". O chefe do governo da cidade de Buenos Aires, Mauricio Macri, chamou ao diálogo e à conciliação e acredita que a presidente argentina, Cristina Fernández, mulher e sucessora de Kirchner, "escute" a voz da cidadania. "A nossa presidente, com todo respeito quero dizer que espero que tenha escutado a mensagem dos argentinos e que convoque a pacificação dos argentinos", disse o conservador Macri, enquanto militantes gritavam "Mauricio presidente".

Com quase 28 milhões de eleitores, o país votou de forma normal em um dia frio de inverno, mas militares que faziam a segurança do pleito e milhares de cidadãos votaram de máscaras pelo temor de contágio da nova gripe, que nas últimas semanas provocou 26 mortes e infectou mais de 1.500 pessoas. Os candidatos dos Kirchner foram derrotados até mesmo na província natal do ex-presidente, Santa Cruz, o que aconteceu pela primeira vez desde o início de sua carreira política nos anos 80. A oposição cresceu com o conflito agrário, mas continua dividida, enquanto o governo sai frágil das urnas e precisa de alianças para conservar a governabilidade, baseada em uma plataforma estatal e favorável à indústria, com negociações salariais livres e o repúdio às políticas do Fundo Monetário Internacional.

Premiação em Los Angeles tem homenagens a Michael Jackson

Ator Jamie Foxx dançou 'Beat it'. Pai do astro, Joe, e irmã, Janet, estiveram no evento.

Ator Jamie Foxx dança 'Beat it' no BET Awards. Premiação da indústria fonográfica realizada neste domingo (28) em Los Angeles teve homenagens a Michael Jackosn.

Necrópsia mostra que Jackson tinha comprimidos no estômago, diz tabloide

Cantor pesava 51 kg e tinha várias costelas quebradas, relata 'The Sun'. Informação foi passada por uma fonte próxima à família.

O cantor americano Michael Jackson pesava apenas 51 quilos, tinha comprimidos parcialmente dissolvidos no estômago e apresentava várias costelas quebradas, segundo detalhes da necrópsia obtidos pelo tabloide britânico "The Sun".

O jornal britânico, que se refere ao primeiro exame "post-mortem" realizado no corpo de Michael após sua repentina morte na quinta-feira, afirma nesta segunda (29) que o cadáver do "rei do pop" era quase um esqueleto e estava muito deteriorado.

Michael, cujos restos foram submetidos no fim de semana passado a uma segunda necrópsia solicitada pela família, não tinha comido nada e só tinha comprimidos no estômago, aparentemente ingeridos antes da injeção de analgésicos que teria causado a parada cardíaca que matou o cantor.

Como resultado dos esforços para reanimá-lo, o cantor, de 50 anos, apresentava várias costelas fraturadas e quatro marcas de injeções em torno do coração, destinadas a injetar adrenalina a esse órgão.

Além disso, Michael tinha ficado praticamente careca e, de fato, usava peruca, diz o jornal britânico.

Os legistas também encontraram hematomas nos joelhos e tíbias do cantor, assim como nas costas, que poderiam ser as sequelas de uma recente queda.

Além disso, o corpo do "rei do pop" estava cheio de cicatrizes cirúrgicas provocadas por pelo menos 13 operações estéticas.

"A família e os fãs de Michael ficarão horrorizados quando se derem conta do péssimo estado no qual se encontrava", declarou ao jornal uma fonte próxima à estrela.

O "Sun" publicou dados da autópsia depois que o médico pessoal de Michael Jackson, Conrad Murray, ficou no fim de semana passado em liberdade e livre de suspeita, após o interrogatório de três horas ao qual a polícia lhe submeteu.

A porta-voz do doutor, Miranda Sevcik, disse que Murray respondeu a "todas e cada uma das perguntas" realizadas pelos agentes, que trabalham para esclarecer os motivos da morte do cantor, da qual o médico foi testemunha presencial.

De acordo com o jornal britânico, a família de Michael está preparando um processo multimilionário contra o médico.

Prazo para sacar PIS-Pasep termina na terça: tire dúvidas e saiba se tem direito

Prazo para saque no exercício 2008-2009 vai até terça (30). Guia do G1 reúne questões para tirar dúvidas sobre o benefício.

Termina nesta terça-feira (30) o prazo para sacar o abono salarial anual de R$ 465 do exercício 2008-2009 do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep).

De acordo com a Caixa Econômica Federal, até a última sexta (26), 526,9 mil de 13,2 milhões de trabalhadores em todo o país ainda não sacaram o PIS.

No caso do Pasep, destinado a funcionários públicos e que tem abragência menor (total de 2,24 milhões de trabalhadores), 54,3 mil ainda precisam retirar o abono nas agências do Banco do Brasil.

O G1 selecionou uma série de perguntas e respostas para tirar dúvidas sobre o abono: quem tem direito, como sacar e que cuidados tomar para evitar problemas na hora da retirada.

Mulheres só têm ouvidos para fofoca e a conversa alheia, diz estudo

Pesquisa diz que nessas situações elas ficam mais atentas ao que ouvem. Elisa Lucinda aborda tema em peça e diz que adora ouvir papo dos outros.

As mulheres só têm ouvidos para a fofoca e para a conversa alheia. Pelo menos é o que constatou um recente estudo realizado pela Siemens Hearing Instruments, no Reino Unido. De acordo com a pesquisa, 67% das mulheres ouvidas admitiram que os momentos de fofoca com as amigas são os únicos em que estão devidamente ouvindo o que está sendo dito. A mesma porcentagem afirma que ouve mais atentamente quando tenta bisbilhotar as conversas dos outros.

“Sou super a favor de ouvir a conversa dos outros. Você tem alguém contando uma história bem contada e não vai ouvir? Claro que vai”, brinca a atriz e poetisa Elisa Lucinda, que arranca risos da plateia ao abordar o tema no espetáculo “Parem de falar mal da rotina”, em cartaz no Rio. Na peça, Elisa não só conta que ouve a conversa dos outros como aconselha o público a se intrometer quando necessário. “E se a pessoa vai tomar aquele remédio que sua mãe tomou e quase morreu?”, diz. Ela conta que já ouviu e se meteu em muito bate-papo alheio, como numa briga de trânsito, em que convenceu um dos motoristas a ceder passagem e liberar a rua. Em outro episódio, ajudou um casal a fazer as pazes ao ouvi-los discutir durante um passeio numa praia do litoral do Espírito Santo.

Tarefas que requerem inclusive noções básicas de física e química, ela ensina: “Quem traz a palavra é o vento, você tem que se posicionar para ouvir bem a conversa".

Homens são mais discretos

Elisa analisa que o hábito de ouvir a conversa dos outros é inerente ao ser humano e não é exclusividade do público feminino. “Os homens também escutam, mas são mais discretos”. Isso de fato foi comprovado pela pesquisa realizada no Reino Unido pela divisão de aparelhos auditivos da Siemens.

Entre os homens entrevistados, 53% disseram que ouvem excelentemente bem ao fofocar e 41% afirmaram que prestam atenção em conversas de outras pessoas ao redor. O estudo foi realizado com duas mil pessoas em maio deste ano e também identificou que apenas 21% dos homens consideram que ouvem atentamente a cada palavra que é dita a eles. Entre as mulheres, esse índice fica em 19%.

Sem dar atenção aos chefes

Os pesquisadores observaram ainda que as mulheres estão mais propensas a não prestar atenção ao que dizem seus colegas de trabalho: elas prestam total atenção em somente 64% do tempo. Além disso, apenas dois terços do que seus chefes são absorvidos. As mulheres ouvidas na pesquisa admitiram ainda que ouvem somente 70% do que é dito nas conversas com seus maridos ou namorados. Já com as melhores amigas, elas dedicam total atenção a mais de três quartos do que está sendo dito.

Colisão de trens deixa três mortos na China

Acidente aconteceu em Hunan, na região central da China. Vários vagões descarrilaram e 60 pessoas ficaram feridas.

Pelo menos três pessoas morreram e 60 ficaram feridas na colisão de dois trêns na madrugada desta segunda-feira (29) na região central da China. O acidente aconteceu na estação de Chenzhu, na província de Hunan, segundo a agência oficial Nova China.

Vários vagões descarrilaram após a colisão entre os trens que seguiam, ambos, para a cidade de Shenzhen, perto de Hong Kong, no extremo sul da China.

Sem-terra invadem 15 fazendas no oeste de SP, diz MST

Segundo o movimento, 1,5 mil pessoas foram mobilizadas. Polícia confirma ocupações em quatro municípios do estado.

Integrantes de movimentos sem-terra invadiram quinze fazendas no estado de São Paulo durante o fim de semana. De acordo com Movimento dos Sem-Terra (MST), as invasões fazem parte de uma ação que os integrantes chamam de “inverno quente”.

É a segunda vez que a Fazenda Santa Maria, em Rancharia, 508 km de São Paulo, é ocupada pelos sem-terra. Segundo o movimento, cerca de 100 pessoas, entre mulheres, homens e crianças, chegaram ao local na noite de sábado (27) e se instalaram em barracos.

Em todas as fazendas invadidas, foram mobilizadas cerca de 1,5 mil pessoas, de acordo com o MST. Segundo Sérgio Pantaleão, coordenador do movimento, a ação envolve pessoas de vários movimentos, que exigem a realização de vistorias e a desapropriação das terras.

Ainda segundo Pantaleão, os sem-terra só deixarão as áreas invadidas sob ordem da Justiça. A polícia confirma as ocupações nos municípios de Rancharia, Caiuá, Junqueirópolis e Dracena.

Irã começa a recontar votos da eleição presidencial, diz mídia oficial

Conselho de Guardiães reconta 10% dos votos aleatoriamente. Oposição contesta a vitória de Ahmadinejad e pede nova votação.

A recontagem parcial dos votos da contestada eleição presidencial iraniana de 12 de junho começou nesta segunda-feira (29), informou a mídia oficial.

O principal órgão legislativo do Irã, o Conselho de Guardiães, está recontando aleatoriamente 10%. O candidato derrotado da oposição Mir Hossein Moussavi rejeitou a ação, dizendo que toda a eleição deveria ser anulada.

A recontagem começou em 22 distritos em Teerã, assim como em províncias, informou a televisão estatal al-Alam.

Em uma alusão mais cedo de que o processo não colocaria em dúvida a vitória do presidente Mahmoud Ahmadinejad na eleição, a agência de notícias Irna informou que, até o momento, a recontagem em um distrito de Teerã deu mais votos a ele do que no dia da eleição em 12 de junho.

A Irna informou que a recontagem começou na província ocidental do Curdistão. A agência Mehr News disse que também ela estava ocorrendo na cidade de Karaj, a oeste de Teerã, na presença de autoridades locais.

Não ficou claro quando seriam divulgados os resultados da recontagem.

Os resultados oficiais divulgados um dia após a eleição de 12 de junho mostraram que Ahmadinejad venceu com uma maioria esmagadora, incitando por dias protestos na ruas pelos partidários de Moussavi, que diz que a eleição foi fraudada.

Os 12 membros do Conselho de Guardiães darão seu veredicto final sobre a eleição até a noite desta segunda-feira. A possibilidade de anular a eleição foi repetidamente excluída, sob alegação de que não houve quaisquer grandes irregularidades.

A contestada eleição e suas turbulentas consequências têm dividido instituições políticas no Irã e levado o país a mais profunda crise desde a Revolução Islâmica de 1979. A mídia estatal diz que 20 pessoas morreram nos conflitos após a eleição, mas, segundo observadores internacionais, o número pode ser bem superior.